2021/07/22

Google convida Apple a aderir ao RCS

A Google tenta dar o impulso final para a adopção dos RCS, a nova geração dos SMS, convidando a Apple a aderir.

A Google tem feito um trabalho notável para acelerar o processo de transição dos SMS para o RCS, tendo feito num par de anos aquilo que as operadoras de telecomunicações pareciam não ter qualquer vontade em fazer numa década. Actualmente os RCS já estão disponíveis na maioria dos smartphones Android, mas resta ainda um pequeno entrave, que a Apple também adira a este sistema.

A Apple muito se tem apoiado no seu iMessages como forma de diferenciação (sofrendo de conveniente "amnésia" relativamente à promessa de Steve Jobs de que o iMessage seria um sistema aberto), mas agora a Google aproveita a preocupação com a segurança que a Apple tanto faz questão de promover, para relembrar que quando um utilizador Apple quer enviar uma mensagem para um utilizador com Android, a mensagem é enviada via SMS tradicional, com toda a falta de segurança que isso representa - e por isso mesmo, convida / desafia a Apple a também aderir ao RCS, que permite mensagens com encriptação end-to-end e todas as demais vantagens associadas aos serviços de mensagens modernos.

É um desafio que deixa a Apple numa posição complicada. Como promotora da segurança, será inevitável que, mais cedo ou mais tarde a Apple tenha que ceder e adoptar o RCS, pois será ridículo estar a tentar defender a permanência nos SMS; por outro lado, ao fazê-lo, reduz o factor de dependência no iMessages. Muito provavelmente, ainda se irá arrepender de não ter lançado um iMessage para Android enquanto ainda ia a tempo de poder tornar-se no serviço de mensagens universal que poderia ter enfrentado WhatsApp, Messenger e afins.

1 comentário:

  1. A última frase resume tudo. Se a Apple tivesse aberto o iMessage para o mundo, antes de WhatsApp e afins, teria dominado facilmente o mercado. Assim... Já será tarde. Acredito que o RCS acabará por ser o mais usado.

    ResponderEliminar

[pub]