2021/07/02

Richard Branson acelera para o espaço a 11 de Julho - antes de Jeff Bezos

O destemido Richard Branson não quis deixar Jeff Bezos ser o primeiro a chegar ao espaço, e anunciou o seu voo para 11 de Julho.

Embora actualmente se assista a uma corrida com a SpaceX de Elon Musk, Blue Origin de Jeff Bezos, e Virgin Galactic de Richard Branson, a verdade é que Richard Branson é o único dos três CEOs que tem longa tradição de se meter em aventuras radicais (atravessou o Atlântico num balão em 1987, e em 1991 repetiu a proeza no oceano Pacífico, batendo recordes de distância em ambas as ocasiões). Com Jeff Bezos a estar prestes a marcar o voo inaugural para turistas da Blue Origin (esperado para o final de Julho), Branson faz questão de mostrar que ainda está bem presente na corrida, prometendo um lançamento, com ele a bordo, para 11 de Julho.


Richard Branson, que já tem 70 anos, só deveria voar no "avião espacial" da Virgin Galactic daqui por mais dois testes, mas o bilionário deverá ter achado que os 22 voos de teste, 4 deles tripulados, já lhe dão a confiança necessária para se meter a bordo, no primeiro voo em que a nave terá também a lotação completa de 2 pilotos e 4 passageiros (sendo que no futuro poderá levar até 6 passageiros).

A empresa diz já ter mais de 600 reservas para os seus voos sub-orbitais, de pessoas dispostas a pagarem 250 mil dólares pela experiência de passarem alguns minutos em regime de micro-gravidade. Parece muito dinheiro, até nos lembrarmos que alguém pagou 28 milhões de dólares para acompanhar Jeff Bezos no primeiro voo para passageiros da Blue Origin.


Actualização: Jeff Bezos não gostou desta manobra, e acusa a Virgin Galactic de não chegar ao espaço a sério (e ter janelas pequenas!)

2 comentários:

[pub]