2021/09/21

Certificados e testes Covid 19 falsos já chegaram a Portugal

Como se não bastassem as pessoas que fazem questão de escapar à vacina Covid 19, temos agora vários sites que em poucos segundos permitem obter certificados de vacinação e testes PCR falsos.

As vacinas anti-Covid-19 podem não ser perfeitas mas têm assegurado que, mesmo ficando infectado, seja extremamente improvável vir a sofrer de sequelas graves da doença ou de ficar em risco de vida. Ainda assim, continuam a existir campanhas de desinformação que levam pessoas a fugir à vacina, não só pondo-se a si próprios em risco, com também outras pessoas que por diferentes motivos não a possam tomar. Mas, ainda pior que isso, serão os casos de pessoas que conscientemente tomam a opção de querer enganar o sistema e recorrer a certificados de vacinação e testes PCR falsos, que já podem ser obtidos em sites fraudulentos criados especificamente para Portugal.
Mais insidioso ainda é que estes sites oferecem até 100 euros aos cidadãos que tiverem tomado a vacina e estiverem dispostos a partilhar / vender o seu certificado digital de vacinação. Proposta que se poderá revelar tentadora para todos os muitos milhares de portugueses que ficaram desempregados por conta do confinamento, e para quem todos os euros serão bem vindos.

Escusado será dizer que não deverão partilhar ou vender os vossos certificados, nem tão pouco recorrer a estes certificados e testes falsos - e façam todos os possíveis por demover qualquer amigo, familiar ou conhecido, que esteja com ideias de o fazer.

16 comentários:

  1. Só se falsificarem o cartao de cidadão.

    A app mostra o nome e data de nascimento.

    Apenas a App valida o certificado.

    O certificado em si não tem qualquer valor...

    App "Passe Covid".

    ResponderEliminar
  2. Mesmo ficando infectado, é extremamente improvável vir a sofrer de sequelas graves da doença?

    Em Israel já vão na 3ª dose e estão a atravessar um vaga de novos casos de Covid que é pior do que as anteriores.
    "Mas isso são só novos casos, temos que ver as mortes". Pois, a vaga de mortes neste momento está muito parecida à vaga de mortes do Inverno.

    Lembram-se do tempo em que as vacinas davam imunidade?
    Eu lembro-me...

    Não acreditam? Vejam os gráficos oficiais. "Do your own research", e não sejam "snyde morons" como certos editores opiniados de blogs...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Do your own research" famous last words de todos os negacionistas de qualquer tema, vai dormir idiota. Adeus

      Eliminar
    2. Mais um que fez a investigação na sanita e acha que é mais credível que os que estudaram e estão num laboratório

      Eliminar
    3. Se a taxa de vacinação em Israel for de facto a que está presente no Our World in Data (63.6% da população totalmente vacinada), isso pode explicar muita coisa.
      Infecção por variante Delta, e uma parte grande da população renitente em vacinar-se levou a esse nº de casos em Israel.

      Eliminar
    4. Assim faz sentido. ☝️

      Eliminar
    5. Bem ok aqui vem a nossa research: https://visao.sapo.pt/visaosaude/2021-09-21-qual-das-vacinas-contra-a-covid-19-tem-maior-nivel-de-eficacia-a-evitar-hospitalizacoes-no-mundo-real-segundo-o-cdc/

      Eliminar
    6. Então que tal postares as tuas fontes, vens para aqui dizer que o pessoal não está informado e não mostras nada.

      Eliminar
    7. O mecânico do meu pai que é negacionista e não tomou a vacina foi parar ao hospital e teve quase á morte ligado a um ventilador. E depois de escapar dessa deixou de ser negacionista militante, no entanto, pasmem, no outro dia saiu-se com essa: "Não está provado que tive mesmo covid". Enfim, acho que essa gente já é doida por natureza!

      Eliminar
    8. Então a minha "research" não foi interessante caro John? Faça o favor de submeter a sua aqui para "peer review" que é um passo essencial quando se quer chegar a conclusões significantes.

      Eliminar
  3. Já lembrar do tempo em que não eras otário isso ninguém se lembra...

    ResponderEliminar
  4. No domingo dia 19/09 realizou-se a corrida do tejo em Oeiras com cerca de 5000 participantes, e eu não participei porque era requisito fazer o upload do certificado para o site da inscrição (site de bilhética). Mas a CM Oeiras e esse site ficaram com uma BD com 5000 certificados, que não se sabe o que irão fazer com eles.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A mnelhor coisinha do certificado Covid é que para eventos interessantes os maluquinhos ficam barrados de participar. Torna tudo muito mais agradável porque sabemos que quem participa tem um bom nível de civismo e respeito pelo outro.

      Eliminar
  5. "Como se não bastassem as pessoas que fazem questão de escapar à vacina Covid 19"
    É impressionante a facilidade com que se aponta o dedo aos outros,
    as pessoas são livres de optar por serem vacinadas ou não.
    Para quem desejar assim tanto viver em ditadura tem a porta aberta para emigrar para a China... Ou Itália que está em vias de se tornar e fica bem mais perto

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em democracia é a voz da maioria que tem poder.

      Não é uma ditadura, pois efetivamente é possível alterar as coisas em períodos de 4 anos, pelo que comparar a Itália ou qualquer outro país da zona Euro com a China é assim um pouco demasiado enviesado a mais, não é?

      Vá lá levar a pica pois não lhe custa mesmo nada e até lhe pode vir a salvar a vida.

      Eliminar
    2. Eu ofereço-te a minha, de borla...

      Eliminar

[pub]