2021/09/30

FB Messenger com mensagens em grupo para o Instagram

Depois das mensagens individuais entre Messenger e Instagram, chega a possibilidade de misturar conversas em grupo entre ambas as plataformas.

Fazer a gestão das conversas entre Facebook e Instagram vai ser mais fácil a partir de agora, com a integração das conversas em grupo entre os dois serviços, expandindo aquilo que já tinha sido feito para as mensagens individuais.

O objectivo é uma maior uniformização do serviço de chat entre duas plataformas que pertencem ao mesmo dono (Facebook), mas não deixa de ser caricato que tal tenha que ser apresentado como uma grande novidade quando, em tempos idos da internet, o pressuposto base dos serviços de mensagens era o de serem interoperáveis. Muitos lembrar-se-ão do tempo que o Google Talk permitia falar sem qualquer problema com utilizadores do ICQ ou AIM, e isso não era visto como sendo nada de futurista, era apenas aquilo que deveria ser.

Avance-se umas décadas, e o cenário nos serviços de mensagens é um completo retrocesso, chegando ao ponto de nem os serviços pertencentes ao mesmo dono poderem trocar mensagens entre si (coisa que neste caso do Messenger e Instagram passam a poder fazer). E torna-se cada vez mais frequente a absurda situação de se receber uma mensagem, apagar a notificação, e depois ter que andar a percorrer uma meia-dúzia de apps, para tentar descobrir em qual delas é que está: Slack, Hangouts / Google Chat, Messenger, Signal, Telegram, WhatsApp?

Se calhar, depois de obrigar a uma ficha universal de carregamento nos dispositivos móveis, talvez não fosse má ideia considerar a exigência de certas classes de apps serem obrigadas a disponibilizar uma API standard que permita a interacção entre elas - tal como se obrigam as redes sociais a dar acesso a todos os dados que acumulam sobre nós e forma de os exportar - embora seja triste ter que se chegar a esse ponto de tal ser necessário por meio de legislação e burocracia, em vez de um saudável desenvolvimento dos serviços e respeito pelos utilizadores.

1 comentário:

[pub]