2021/09/21

Frango impresso em 3D cozinhado com lasers

Antecipando o que poderão ser os futuros robots preparadores de comida, cientistas cozinharam frango impresso em 3D usando lasers de diferentes comprimentos de onda.

Séries como o Star Trek fazem-nos sonhar com os replicadores de comida, capazes de materializar qualquer prato à escolha combinando os átomos de forma a criar a comida desejada. Ainda estamos muito longe disso, mas poderemos estar perto de ter "impressoras de comida" capazes de também a cozinhar. Pelo menos, foi isso que alguns investigadores fizeram, com um sistema capaz de imprimir pasta de frango em 3D, e depois recorrendo a diferentes lasers para o processo de o cozinhar.



Sem grandes surpresas, os cientistas comprovaram que o comprimento de onda dos lasers tem impacto bem diferente no processo. Com lasers UV a conseguirem penetrar mais profundamente na carne e cozinhando o interior, enquanto lasers IR aqueciam e tostavam a superfície. Sendo que, como é possível controlar precisamente o padrão e potência dos lasers, abre uma infinidade de possibilidades em termos dos resultados que se podem obter - e podendo ser usados para cozinhar até mesmo quando o frango está dentro de uma embalagem transparente.

Por agora os resultados são animadores, com algumas das cobaias a até terem preferido o frango cozinhado por este método ao método tradicional. Quanto a mim, arrisco-me a dizer que isto pode ser considerado o Ford Modelo T dos replicadores de comida, sendo possível escolher qualquer tipo de comida, desde que essa comida seja frango. :)

1 comentário:

  1. Continuo a preferir o belo churrasco…
    E se possível, a temperar a carne de dentro para fora…!!! :) :)

    ResponderEliminar

[pub]