2021/09/16

Inventor do ZX Spectrum morre aos 81 anos

Sir Clive Sinclair, responsável por moldar a vida de várias gerações, morreu aos 81 anos, vítima de doença prolongada.

Clive Sinclair foi um inventor desde tenra idade, tenho conseguido sucesso comercial ao lançar uma calculadora electrónica compacta, a Sinclair Executive, em 1972. No entanto seria preciso aguardar mais uma década para que nos começasse a trazer as suas invenções mais bem sucedidas, começando pelo ZX80 em 1980, ZX81 em 1981 e, finalmente, com a chegada do mítico ZX Spectrum em 1982 - com o seu nome a fazer alusão à sua novidade de conseguir gerar gráficos a cores, em vez de se limitar aos gráficos monocromáticos dos seus antecessores.

Ainda tive a sorte (ou azar, dependendo da perspectiva) de conseguir brincar / trabalhar com um ZX81 de um vizinho, que o tinha comprado com a esperança de o conseguir utilizar como ferramenta de trabalho para o seu negócio. Naquela altura os computadores eram coisas raras e ultra-dispendiosas. E a política corrente quanto a ter crianças perto de um era: "podes ver mas não podes tocar!" Pelo contrário, o ZX81 e mais tarde o ZX Spectrum, eram computadores que convidavam a ser tocados e programados, e com a ajuda de muita experimentação (não faltava tempo, ainda não se tinha internet) e com a ajuda de algumas revistas que traziam páginas e páginas de programas para transcrever, a sua linguagem de programação BASIC lá se ia tornando cada vez mais perceptível.

Para muitas pessoas, incluindo eu, estas máquinas foram os primeiros computadores em que se teve contacto com o mundo da programação, e que viria a ditar o percurso a seguir para o resto da vida.

Sinclair nunca parou de inventar e de tentar procurar a próxima revolução, e logo após o lançamento do Spectrum demonstrou estar décadas à frente do seu tempo, ao lançar o triciclo eléctrico C5, que hoje em dia seria visto como uma excelente opção de transporte pessoal, mas que na altura falhou em se tornar num sucesso comercial. No entanto, essa preocupação com os transportes viria a ocupar as décadas seguintes da sua vida, com o desenvolvimento de bicicletas eléctricas e, em 2010, a tentativa de recuperar o conceito do C5 em versão modernizada, mas que não se chegaria a concretizar.


Obrigado por tudo Sir Clive Sinclair, seguramente não estaríamos aqui da forma que estamos se não tivessem existidos aqueles modestos computadores que nos fascinaram no início dos anos 80.

3 comentários:

[pub]