2021/09/07

Oppo X em Portugal - mas só para ver

A Oppo trouxe até Portugal o seu Oppo X com ecrã extensível, que serve como indicador da próxima geração de smartphones.

Os smartphones com ecrã dobrável tem feito sucesso, um sucesso que só não é maior devido ao seu preço (ainda) elevado; mas vários fabricantes estão já de olhos postos noutros formatos que são possibilitados pelos ecrãs flexíveis. A Oppo revelou no início do ano o seu Oppo X extensível com ecrã de enrolar e desenrolar, que agora fez chegar ao nosso país. Mas não adianta ficar com ideias por agora, já que este Oppo X continua a ser um protótipo e ainda não será posto à venda... por agora.

O principal ponto de atracção deste Oppo X é o seu mecanismo de enrolar e desenrolar, que faz literalmente o smartphone crescer do tradicional formato smartphone para um equivalente ao de smartphone dobrável aberto. O efeito é bastante curioso e original, pois se o sistema de ecrã dobrável já se começou a tornar relativamente "comum", este de ver um ecrã a desenrolar continua a ser bastante original. Algo que seguramente irá mudar ao longo dos próximos anos, eventualmente tornando-se tão banal como um ecrã rígido tradicional.
À semelhança do que aconteceu com os dobráveis, o ponto crítico será garantir que o mecanismo de extensão do ecrã será capaz de sobreviver a anos de abuso de utilização no mundo real. Algo que incluirá coisas como possivelmente tentar abrir o smartphone com algo a impedir o seu movimento, assim como a sua resistência a pó e detritos - como os que tantas dores de cabeça causaram aos dobráveis de primeira geração. Mas isso são erros com os quais as empresas aprenderam e já estarão acauteladas para estes novos modelos.

Infelizmente, a Oppo ainda não avança com nenhuma data em concreto para que um modelo com ecrã extensível chegue ao mercado - embora se possa esperar que isso venha a acontecer nos próximos anos. Para muitas pessoas, este formato poderá ser bastante mais apelativo que os modelos dobráveis que ficam com uma espessura pouco convidativa quando dobrados; e também dispensa a necessidade de ter ecrãs adicionais no exterior, o que contribuirá para reduzir custos e permitir que possam chegar até nós a preço mais apelativo.

Agora só nos resta aguardar.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]