2021/09/16

Projecto Taara da Google faz ligação laser a quilómetros de distância

A Google pode ter abandonado o projecto dos balões Loon, mas está a dar uso ao sistema de comunicações por laser criado para a comunicação entre eles.

O Projecto Taara é o módulo de comunicações que foi criado para manter os balões Loon ligados uns aos outros, usando uma ligação óptica com lasers (sistema idêntico ao que também está a ser testada nalgumas constelações de satélites). E apesar de não ter tido futuro no ar, está a ser utilizado com bons resultados em terra. E na prática, está a conseguir resultados idênticos ao de uma ligação por fibra, sem necessidade de fibra.

O sistema consegue criar ligações de 20 Gbps a mais de 10 km de distância, com o único requisito a ser que tenham uma linha de visão directa e desimpedida. O sistema está a ser testado na República Democrática do Congo, onde em 20 dias transferiu cerca de 700 GB de dados entre as cidades de Brazzaville e Kinshasa - que estão a poucos quilómetros de distância mas separadas por um rio, fazendo deste sistema uma opção perfeita. E por uma fracção do custo que seria uma ligação por fibra clássica, que por causa do rio teria que dar uma volta de quase 400 km.
O sistema conta com um avançado módulo de estabilização / tracking, para garantir o posicionamento perfeito dos feixes laser usados nas comunicações, e até ao momento tem resistido a todo o tipo de condições atmosféricas e acontecimentos (neblina, chuva fraca, passagem de pássaros, etc.)




3 comentários:

  1. Fico um pouco confuso com essa volta de 400km, mas assumo-me um completo ignorante na área. Se a distância entre os dois centros é 30km de carro, pela ponte, e o rio tem de margem a margem 1km, nao poderia a fibra ir:
    1 - pelo ar, tal como a eletricidade bastanto passar 1km de rio?
    2 - pelo fundo do rio
    3 - pelas estradas / ponte?

    Nada contra a tecnologia, apenas surgiu-me esta duvida...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os 35km incluem passagem de ferry.

      1. A distância entre margens é de 2km
      2. O rio Congo é o mais fundo e o segundo mais rápido do mundo.
      3. Não há pontes e por estrada são os tais 400km

      Está é a solução mais barata, usando a ligação por cabo como circuito de proteção.

      Eliminar
  2. Isto é genial. Apenas uma correção: foram 700TB e não GB.

    ResponderEliminar

[pub]