2021/09/16

Notícias do dia

Missão Inspiration4 já está no espaço; Tesla Model Y supera teste do alce sem dificuldade; Google lança jogo para ensinar Chrome OS; projecto Taara da Google faz ligação laser a quilómetros de distância; e grupo de hackers Anonymous divulga dados de serviço de alojamento de sites alt-right.

Antes de passarmos às notícias, temos novo passatempo gadget da semana, que desta vez te pode valer um transmissor BT - FM para o carro.

Tribunais brasileiros anulam lei pró-Fakenews de Bolsonaro

No Brasil, os Tribunais chumbaram a polémica lei de Bolsonaro que pretendia impedir as redes sociais de apagarem notícias falsas e de desinformação.

A lei queria fazer com que as redes sociais continuassem a apagar conteúdos como nudez, mas no caso de quererem eliminar notícias duvidosas ou falsas, como as "curas milagrosas" para Covid-19 sem qualquer base científica, seria necessário obterem uma ordem dos tribunais. Algo com que nem os próprios tribunais concordaram, o que significa que redes sociais como o Facebook, e outras, poderão continuar a remover essas notícias ou a marcá-las como potencialmente enganadoras.


Apple A15 10-20% mais rápido que A14 no Geekbench

O iPhone 13 vem equipado com o novo chip A15 da Apple, que vem com melhorias modestas a nível de CPU, mas mais substanciais a nível de GPU. De acordo com os resultados no Geekbench, A15 é 10% mais rápido em single-core que o A14 que equipa os iPhone 12, e 18% mais rápido em multi-core. As maiores melhorias surgem na parte gráfica, em que o GPU de 5-cores do A15 que equipa os iPhone 13 Pro a ser 55% mais rápido que o A14 - mas com esse benefício a ser mais modesto no A15 dos iPhone 13 normais, que tem apenas 4-cores activados (muito provavelmente para aproveitar os chips com defeito num desses cores), e que fica com uma melhoria de 15%.

A melhor parte é que estas melhorias, mesmo sendo modestas, são acompanhadas de uma melhoria de mais um par de horas na autonomia, o que as tornam bastante mais interessantes. Mas ainda assim...


iPhone 13 deveria ser iPhone 12S?

O iPhone 13 deste ano volta a aposta numa evolução gradual, sem nada de radical face ao antecessor, e por isso há quem coloque a questão: não deveria este iPhone "13" ser, na verdade, um iPhone 12S?

E de facto, seguindo a evolução histórica dos iPhones da Apple, seria precisamente isso que faria mais sentido. Sinalizando que esta geração seria uma versão melhorada da anterior, com ecrã de 120 Hz (nos Pro) e câmaras melhoradas; e reservando o iPhone 13 para a próxima geração com evoluções mais significativas, como mudar da ficha lightning para USB-C, ou abandonar por completo as fichas físicas e apostar exclusivamente no carregamento wireless (já sabemos que a Apple tem tradição em cortar com fichas). Veremos que novidades o iPhone do próximo ano trará, sendo que por agora se saber que uma das coisas praticamente garantidas, é que deixaremos de ter um iPhone mini, cujas vendas ficaram bastante aquém daquelas que a Apple esperava.


Facebook vai aplicar tácticas de combate de contas falsas a contas verdadeiras

Lidar com a desinformação é um problema complicado para as redes sociais, mas tão ou mais complicado é lidar com campanhas concertadas contra indivíduos ou conteúdos legítimos. O Facebook diz que vai aplicar as mesmas técnicas de combate às fakenews promovidas por bots, às campanhas em que grupos de centenas ou milhares de pessoas reais fazem queixa de utilizadores ou publicações, de modo a que sejam removidos pelos sistemas automáticos das plataformas.

Não será tarefa fácil separar milhares de queixas "falsas" de milhares de queixas legítimas, e isso é algo que só poderá ser feito através de moderação humana e não por sistemas automáticos ou de suposta inteligência artificial. Não é definitivamente o tipo de tarefa que gostaria de ter a responsabilidade de resolver - e que me faz considerar um felizardo, diariamente, por conseguirmos manter este nosso cantinho da internet como um espaço saudável para a
divulgação e discussão de todos os temas tecnológicos.


Curtas do dia


Resumo da madrugada



Curiosidade do dia: O primeiro jornal a ficar disponível com edição na internet foi o The Columbus Dispatch, a 1 de Julho de 1980. Só uma década mais tarde se começaria a assitir a outros jornais darem os primeiros passos para esse novo mundo da web.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]