2021/09/10

Notícias do dia

Roomba j7+ vem com detecção de cócó e outras coisas a evitar; Facebook lança óculos Ray-Ban Stories; cartões SD Express chegam quase aos 100ºC em utilização intensiva; Epic pede à Apple reactivação do Fortnite na Coreia do Sul; e aqui ao lado, a Digi oferece internet de 10 Gbps por €30 mensais.

Antes de passarmos às notícias, temos novo passatempo gadget da semana, que desta vez te pode valer um cartão de memória microSD SanDisk de 200GB.

Vivo adere ao carregamento wireless

Depois de uma fase de expansão seguida de uma aparente perda de interesse, a tecnologia de carregamento wireless volta a ir conquistando adeptos; e até a Vivo a adopta - finalmente - para o seu mais recente topo de gama, o X 70 Pro Plus. Este smartphone vem com ecrã OLED de 6.78", SD 888+, e conjunto de câmaras de 50 MP, 48 MP ultrawide com estabilização gimbal, 12 MP telefoto e 8 MP periscópico. Mas, o factor de destaque é ser o primeiro smartphone da Vivo a suportar carregamento wireless Qi.

Depois de nos tempos dos Nexus 4, Nexus 5, e até do Nexus 7, se terem assistido a uma série de dispositivos com carregamento wireless Qi, isso foi sendo esquecido pela maioria dos fabricantes até ao momento em que a Apple também adicionou o carregamento wireless aos iPhones. Desde então praticamente todos os fabricantes passaram a ter interesse redobrado em fazer o mesmo, e ainda bem. Desde o tempo do Nexus 5 que o carregamento wireless passou a ser, para mim, um requisito quase eliminatório na escolha de um novo smartphone.


Apple usa Shazam para direitos de autor nas misturas de DJs

A Apple está a tentar atrair mais artistas, prometendo ser capaz de identificar e distribuir os direitos sobre as misturas de DJs usando o Shazam para identificar correctamente cada trecho de música utilizada.


O panorama dos direitos de autor na música já são uma dor de cabeça, com os direitos dos intérpretes, autores, editoras, direitos de difusão, direitos de reprodução - e tudo isso se complica quando se tratam de misturas de DJs, que podem incluir excertos de dezenas de outras músicas. Com a tecnologia de reconhecimento do Shazam, a Apple diz que será capaz de atribuir os devidos direitos, mas permanecerá no ar a pergunta sobre se realmente isso poderá ser devidamente validado, ou se será simplesmente uma "caixa negra" com tecnologia "confiem em nós e não façam demasiadas perguntas".


Apple Watch 7 retoma produção

A Apple já terá resolvido os problemas de produção com o novo Apple Watch Series 7 e volta a ficar tudo a postos para que os mesmos possam começar a chegar às lojas - e pulsos dos compradores - ainda este mês.

A mudança do design do Apple Watch e utilização de um novo ecrã causou alguns problemas na produção que se temia que pudessem causar atrasos significativos no seu lançamento, mas parece que afinal não será preciso chegar a esse ponto. Apesar do lançamento poder ser feito com quantidades mais limitadas, causando os habituais tempos de espera que até funcionam como publicidade, deverá ser possível ter os Apple Watch 7 a acompanhar o lançamento dos iPhone 13 - com ambos a serem apresentados oficialmente já na próxima semana, a 14 de Setembro.


Bolsonaro proíbe redes sociais de apagarem desinformação

Em preparação para as próximas eleições, o governo de Bolsonaro no Brasil acaba de proibir a remoção de conteúdos que sejam considerados falsos ou de desinformação, a não ser que obtenham uma ordem dos tribunais. Com esta medida, as plataformas continuam a estar obrigadas a remover conteúdos considerados ilegais, mas deixam de poder remover publicações como as que infelizmente têm tentado proliferar no Brasil, como a de "curas milagrosas" para Covid-19, sem qualquer fundamento científico, que nalguns casos são promovidas pelo próprio presidente.

Esperemos que a sua táctica de copiar Donald Trump acabe por ter o mesmo desfecho que teve para o ex-presidente dos EUA nas últimas eleições.

Actualização: os Tribunais chumbaram a lei.


Curtas do dia


Resumo da madrugada



Curiosidade do dia: O Office da Microsoft foi lançado originalmente em 1990, consistindo numa série de programas separados, que incluem o Word para processamento de texto, Excel para folha de cálculo, PowerPoint para apresentações, e outros.


Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]