2021/09/10

Xiaomi garante longevidade da bateria a 120 W

A Xiaomi vai revelar o seu novo 11T Pro com carregamento de 120 W na próxima semana, mas vai assegurando desde já que a bateria manterá a sua longevidade.

A Xiaomi é mais uma das marcas que, na ausência de tecnologias nas baterias que permitam autonomias revolucionárias, aposta em fazer com que o carregamento seja tão rápido quanto possível. Depois do sistema 55 W usado no Mi 11, a Xiaomi prepara um salto de gigante para o carregamento de 120 W no novo Mi 11T Pro - que iguala o sistema estreado no Mi 10 Ultra que apenas foi comercializado na China. Mas, sabendo-se o quanto as baterias sofrem com os carregamentos rápidos, a Xiaomi começa a assegurar desde já que o seu sistema é feito para durar.

Com o seu HyperCharge, a Xiami diz que a bateria manterá um mínimo de 80% da capacidade original após 800 ciclos de recarregamento, estando em linha com o mesmo nível de degradação de todas as demais baterias no mercado. Algo que, de resto, a Xiaomi já prometia para o seu sistema de carregamento de 200 W, que seguramente se deverá seguir ao de 120 W.

Além da longevidade, a Xiaomi reforça também a segurança do sistema, que será também um factor fundamental tendo em conta o episódio dos Galaxy Note 7 explosivos que tivemos há uns anos, e que acabaram por levar ao cancelamento e recolha de toda a série.

A Xiaomi ainda não revelou os tempos de carregamento do Mi 11T Pro (saberemos na próxima semana, no dia a seguir à apresentação dos novos iPhone 13), mas tendo em conta o Mi 10 Ultra, podemos esperar um carregamento completo em cerca de 20 minutos.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]