2021/10/03

Luminopia usa óculos VR para tratar "olho preguiçoso" nas crianças

Em vez de tapar os olhos, a startup Luminopia aposta nos óculos VR para tratar a ambliopia nas crianças.

O síndroma do "Olho preguiçoso" afecta cerca de 3 em cada 100 crianças, fazendo com que o cérebro comece a depender mais de um olho e a desvalorizar o outro - podendo ter origem numa série de problemas - e com o tratamento mais frequente a ser tapar olho que vê bem, de modo a obrigar o cérebro a dar mais valor à informação visual do olho mais "fraco". Mas a Luminopia aposta numa táctica diferente, que parece obter melhores resultados: a utilização de óculos VR para ver TV.

A rotina de tapar os olhos a crianças durante um determinado período de tempo por dia raras vezes é cumprida com regularidade, sendo facilmente ignorada (ou combatida). Mas, usar óculos VR e ver televisão, isso são coisas a que nenhuma criança diz que não; e simultaneamente estão a fazer o mesmo trabalho. Isto porque o sistema ajusta as imagens apresentadas para cada olho, de modo a ter o mesmo efeito que é pretendido com a oclusão. E, segundo os resultados obtidos em testes, as crianças conseguem cumprir com quase 90% do tempo total de tratamento indicado, face os 66% conseguidos com o método tradicional de tapar um dos olhos.

E os resultados são também visíveis. As crianças que fizeram este tratamento com óculos VR melhoraram a visão em 1.8 linhas no teste de acuidade visual, versus 0.8 linhas no grupo de referência. Resultados que nalguns casos até melhoraram mais de 2 linhas ao fim de 12 semanas de tratamento.

Com a aguardada chegada dos óculos de realidade aumentada, esta poderá ser uma vertente que se torne mais popular, de auxiliar o tratamento ocular de crianças (e adultos), sem o estigma de usar palas a tapar os olhos.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]