2021/10/02

Telescópio espacial James Webb vai manter nome apesar de polémica

O telescópio espacial James Webb seguirá para o espaço antes do final do ano, mas há pressões da comunidade científica para que a NASA considere mudar-lhe o nome.

Ao contrário do que aconteceu com o Hubble, cujo nome homenageia o astrónomo Edwin Hubble, para este novo telescópio espacial o escolhido foi o segundo administrador da NASA, que esteve em funções entre 1961 e 1968, a década crucial que culminou com a chegada do Homem à Lua. Apesar desse papel importante, há quem relembre o historial polémico de Webb na discriminação e perseguição de funcionários homossexuais, incluindo o despedimento injusto por "conduta imoral" de Clifford Norton.

Mesmo tendo em conta o contexto da época, os críticos relembram que será um mau precedente estar a homenagear tais preconceitos num missão que deveria ser inspiradora para muitas novas gerações. Mas, ainda assim, a NASA diz não haver motivos para trocar o nome e diz que o telescópio espacial irá manter o nome James Webb - mas recusando-se a ceder qualquer informação adicional sobre os "prós e contras" que terá considerado para justificar esta decisão.


É uma decisão que poderia ter sido facilmente evitada optando por manter a mesma estratégia do Hubble, de escolher o nome de um astrónomo.

3 comentários:

  1. Viva a cultura cancel!!!

    Ok... Fez algo errado, mas na altura era comum.
    Além do que fez errado segundo os nossos tempos, foi uma pessoa muito competente no trabalho dele.

    Vamos cancelar D. Afonso Henriques porque foi racista, xenófobo e virou-se contra a mãe. A vida a lutar a contra a invasão moura não importa.

    Continhas do caraças!!!

    ResponderEliminar

[pub]