2021/11/24

Google transforma sugestões nos sites em publicidade

A partir de 1 de Março de 2022, a Google vai transformar as sugestões "matched content" nos sites exclusivamente em publicidade.

Ao longo dos anos a Google tem feito uma série de decisões bastante odiadas, como o encerramento do Google Reader, a tentativa de forçar a utilização do Google+, ou o fim do espaço ilimitado gratuito no Google Photos. No entanto, há muitas mais que vão sendo feitas nos bastidores, em particular no que diz respeito a quem utiliza a sua plataforma de apresentação de publicidade.

Não são raras as vezes em que a Google decide activar "novidades" sem prévio aviso, fazendo com que possa surgir publicidade em ecrã completo até em sites nos quais se tinha dito para não apresentar esse tipo de publicidade; e agora chega nova péssima notícia, com o fim do seu sistema "matched content" que também utilizamos por cá. O sistema matched content permite aos sites apresentarem um bloco com sugestões para outros artigos relacionados - como o que temos no fim de cada artigo.
A ideia da Google, desde que lançou esta funcionalidade, era a de apresentar alguma publicidade lá pelo meio das sugestões, cabendo a cada site dizer que percentagem de publicidade admitia lá pelo meio das sugestões. No entanto, como nós fazemos por cá, era possível dizer que se queria "zero publicidade", para que este bloco se limitasse a apresentar sugestões de artigos relacionados.

Pois bem, agora a Google dá-nos o aviso de que a partir de 1 de Março as coisas mudam exactamente para o oposto! A partir de 1 de Março deixa de ser possível apresentar sugestões para artigos do próprio site, passando esse bloco a ser usado totalmente e exclusivamente para apresentar publicidade! Uma completa subversão do seu propósito inicial de apresentar coisas relacionadas.


Há outros sistemas de apresentação de artigos relacionados (já os utilizamos no passado), mas que por vezes também tinham alguns efeitos indesejados, como redireccionar os visitantes para serviços de tracking antes de os enviarem para as páginas de destino. Este da Google era um dos que funcionava bem... tão bem que a Google o vai matar para passar a usá-lo apenas para publicidade.

Até compreendia se a Google dissesse que deixava de ser possível apresentar zero publicidade e pelo menos uma das sugestões fosse sempre publicidade - mas passar de zero publicidade para 100% publicidade, é apenas mais um sinal de como a Google já nem se preocupa em tentar esconder aquilo que realmente coloca no topo das suas prioridades.

2 comentários:

  1. Ena, estou surpreendido!

    Isso só fará com que o pessoal comece a equacionar cada vez mais a transição de Blogger para WordPress, onde existem coleções de plugins à escolha permitindo um muito maior controlo sobre como pretendemos fazer os nossos próprios blogues / páginas internet funcionar.

    ResponderEliminar
  2. Honestamente nao me surpreende. A google com a pressão de aumentar Revenue e profit tem feito tudo o que quer que seja. Num vídeo de 10 min chego a apanhar 6 blocos de publicidade. Agora isto.
    Espero que haja mais controle. Senao até a internet vao querer moldar a sua imagem. Honestamente precisamos de mais controle e acabar com o monopólio que estão a ter.

    ResponderEliminar

[pub]