2021/11/18

Streamlabs ameaçou OBS - apesar de ser uma cópia dele

O mundo open-source esteve em alvoroço, com mais um incidente de abuso que desafia a ficção, relacionado com o OBS Studio e o Streamlabs OBS.

O OBS Project é o mais popular software open-source para gestão de streaming de vídeo. A Streamlabs é uma empresa que pega nesse software open-source, lhe aplica a sua marca e uns pequenos retoques, e o vende como produto (e até o site na web é uma cópia do original). Recentemente, a Streamlabs pediu autorização formal para poder usar o nome OBS, coisa que os gestores do projecto recusaram, dizendo que não queriam criar ainda mais confusões: há muitos clientes do Streamlabs OBS que depois se dirigem ao projecto para fazer reclamações, quando eles não têm nada a ver com o assunto. Apesar disso, a Streamlabs avançou com um pedido de marca registada contendo OBS.



Felizmente, desta vez, o peso dos utilizadores do projecto - e também de alguns streamers que têm dado a cara pela versão da Streamlabs e ameaçaram parar de o fazer se a situação não fosse resolvida - fez com que a Streamlabs recuasse, agora dizendo que não irá utilizar o nome OBS no seu produto.

O Projecto OBS também critica a Streamlabs por, apesar de estar obrigada a disponibilizar o seu Streamlabs OBS como open-source, por força da licença utilizada, fazer todos os possíveis por dificultar isso. Enquanto outros acusam a empresa de ter um longo historial de uso a abuso de projectos open-source.

Portanto, quando estiverem a procurar por um software para as transmissões e streaming, façam questão de usar o OBS Studio original, e não uma versão re-empacotada e embrulhada, a pagar.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]