2021/12/19

Pendentes "anti-5G" são radioactivos e prejudiciais

Há produtos anunciados para os fanáticos anti-5G que, em vez de protegerem das supostas radiaçãoes, são eles próprios radioactivos!

Num caso que por um lado poderá ser considerado "justiça poética" e por outro lado quase parece ser demasiado bom para ser verdade, a entidade de segurança nuclear holandesa (ANVS) emitiu um comunicado a alertar para o perigo de certos produtos anti-5G que prometem um efeito "iões negativos". O problema é que alguns deles recorrem a compostos radioactivos para o dito efeito, e essa radiação, mesmo sendo fraca, pode atingir níveis prejudiciais se mantida em proximidade com a pele durante exposições prolongadas - como acontecerá no caso de produtos que são vendidos como sendo braceletes, máscaras para o rosto, etc. - havendo até alguns que são braceletes para crianças.

Ao estilo dos anti-vaxxers, quase que dá vontade de deixar que estas pessoas continuem a seguir as suas "doutrinas", acabando por se auto-extinguirem a médio prazo. Mas o problema é que no processo se arriscam a levar consigo algumas pessoas, como crianças, que não têm qualquer culpa de terem pais que, perante toda a informação do mundo acessível à distância de uns cliques, optam por ignorar aquilo que a ciência lhes diz e demonstra, dando preferência a alguns auto-intitulados "gurus" do conhecimento. (O caso dos terraplanistas cuja própria experiência demonstrou que a Terra é redonda é por demais evidente, tendo preferido ir para extremos ainda mais absurdos e ridículos para tentarem desacreditar aquilo que eles próprios demonstraram!)

Nos entretantos, mesmo que estivessem dar algum produto anti-5G a alguém como piada de Natal ou aniversário, será melhor ficarem-se por outro tipo de piadas que não envolvam radiação.

14 comentários:

  1. Devem ser feitos de granito ou betão.

    ResponderEliminar
  2. Ao estilo dos anti-vaxxers, quase que dá vontade de deixar que estas pessoas continuem a seguir as suas "doutrinas", acabando por se auto-extinguirem a médio prazo.

    Parece-me que é mais ao contrário, dadas as mais de 26.000 mortes registadas, somente na Europa, até Setembro de 2021 resultantes da vacina.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. * das vacinas.

      Sendo as mRNA (Moderna e Pfizer, as que mais matam e complicações trazem).

      Eliminar
    2. Se puderes colocar fonte oficial, agradeço.
      Mas coloca também o número de mortos Covid-19 no mesmo período, para se ficar com a conta completa.

      Eliminar
    3. 26.000 mortes? Tens msm que mostrar a fonte oficial destes dados. Não quero passar a imagem de anti anti vaxxer. Mas uma afirmação destas tem que ser substanciada.
      Não ha qualquer registo deste tipo de informação antes pelo contrário. US por exemplo reporta em mais de 350M de. Vacinações apenas 3 q poderiam estar ligadas a vacinação.
      Impossível os 26.000 na europa.

      Eliminar
    4. https://healthimpactnews.com/2021/32649-deaths-3003296-injuries-following-covid-shots-in-european-database-of-adverse-reactions-as-young-previously-healthy-people-continue-to-die/

      tem lá os links para as bases de dados oficiais, e não sao 26k são mais de 32000, isto as reportadas.

      Eliminar
    5. Deves estar a brincar em colocar esse URL aqui.

      Primeiro isso é um site anedótico, cheio de "artigos" descontextualizados e a maior parte sem fontes decentes, de forma cumprir a agenda dos negacionistas.
      Depois, basta ver que esse site é dos mesmo gajos do "created4health" e do "vaccineimpact". Só isso diz tudo sobre a credibilidade do site.

      Enfim, mas um especialista em saúde que tirou o curso no Telegram e em grupos de Facebook.

      Eliminar
    6. MéMé, Já agora - quando eras novo, tomaste a vacina para o Tétano, Varicela, BCG, etc?!?!
      Tudo treta, aposto! Não?!
      Na altura, não havia a disseminação da informação e contra-informação que há hoje, mas na altura também deviam ser "inventadas" essas doenças. Não é??!

      Se por acaso tomaste, fez-te mal?

      Fazem rir pessoas como vocês!

      Eliminar
    7. Não sou professor para ensinar a ler,
      escrevi em cima que estâo lá os links para bases de dados oficiais.
      Só vejo fel e nenhum esclarecimento.

      Eliminar
    8. Eluis para droga preferia fumar uns canhões...
      Pelo menos não irei tombar para o lado com o xarope do virus chines como está a acontecer com alguns atletas, mas pro ano não vão ser só atletas...

      Eliminar
  3. "26.000 mortes registadas (...) resultantes da vacina"? Fonte?

    ResponderEliminar
  4. Confundir vacinas com drogas experimentais só mesmo pessoas sem bom senso ou malucos

    ResponderEliminar
  5. https://www.reuters.com/article/factcheck-coronavirus-eu-idUSL1N2S924P

    ResponderEliminar
  6. Se forem tão bons em manipulação de informação como os "pulhigrafos" não vale a pena dizer mais nada.
    Vale a pena tirar as palas dos olhos para não olhar só em frente

    ResponderEliminar

[pub]