2021/12/21

Starlink domina velocidades de internet via satélite

O serviço de internet via satélite Starlink da SpaceX continua a ser o mais rápido, mas as velocidades têm caído face aos valores iniciais.

O projecto que em tempos se poderia considerar megalómano, de criar uma constelação com muitos milhares de satélites para levar a internet a todo o mundo, não só é uma realidade como vai mostrando o que vale. Apesar das velocidades da rede Starlink terem caído ligeiramente - provavelmente devido ao aumento do número de clientes - o serviço continua a não dar grandes hipóteses aos demais serviços de internet via satélite, e em vários países permite ter uma ligação à internet com velocidades que superam a das ligações por cabo.
Face a serviços satélite como os da Viasat ou HughesNet, que se ficam pelos 19 Mbps de download e menos de 3 Mbps de upload (com latências de 600-750 ms), o Starlink não dá hipóteses, conseguindo nos EUA velocidades de 87 Mbps de download, mais de 13 Mbps de upload, e latência de apenas 44 ms.

Na Europa, em países como França e Alemanha, o Starlink atinge velocidades de 95-100 Mbps de download e 17-20 Mbps de upload, com latências de 45-54 ms. Valores que superam as velocidades médias das ligações fixas.

Apesar destes valores representarem um decréscimo ligeiro das velocidades, há também que ter em conta que ainda faltam muitos milhares de satélites até que a constelação fique completa, e que actualmente a SpaceX já está a lançar a mais recente geração de satélites Starlink, com capacidade para comunicação directa entre satélites usando lasers, reduzindo a quantidade de estações terrestres necessárias.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]