2022/01/14

Bomba de calor dos Tesla volta a falhar em frio extremo

Alguns utilizadores com Tesla estão a ser surpreendidos novamente por avarias no novo sistema de bomba de calor aplicado aos Model 3 e Model Y quando em ambientes de frio extremo.

Com o Model Y a Tesla passou a adoptar um sistema de bomba de calor, mais eficiente, que foi também aplicado ao Model 3. Basicamente, trata-se de um sistema de "ar condicionado" que pode funcionar nos dois sentidos, não só para refrescar o interior do carro nos dias mais quentes, como também funcionar em sentido inverso para aquecê-lo nos dias mais frios, com maior eficiência que a utilização de "resistências" de aquecimento. É um sistema mais eficiente e que se torna especialmente atractivo para utilizar em automóveis eléctricos, onde cada kW poupado se transforma em autonomia acrescida, mas que volta a dar dores de cabeça à Tesla.

A Tesla já tinha enfrentado problemas nas bombas de calor o ano passado, mas dizia ter resolvido o problema através de uma actualização. Mas este ano, com temperaturas a caírem para valores de -30ºC em partes dos EUA e Canadá, o problema demonstra que afinal continua a persistir.
Embora seja algo que à partida a Tesla tem que substituir ao abrigo da garantia (se não, estima-se ser algo que pode custar entre 4 mil a 5 mil euros), o grande problema é que isto pode apanhar os utilizadores completamente desprevenidos, em situações em que tenham obrigatoriamente que usar o carro e descobrir que não podem contar com o aquecimento em ambientes de frio extremo.

Enquanto estiver a rever isto, a Tesla poderá também querer aproveitar a oportunidade e confirmar o funcionamento no extremo oposto da escala, já que na Austrália se tem batido recordes de temperatura, com valores superiores a 50ºC.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]