2022/01/20

Finanças dos EUA exigem autenticação biométrica de empresa externa

Nos EUA o acesso aos serviços tributários online vai exigir autenticação biométrica feita por uma empresa externa ID.me.

Para país que tanto se preocupa com os impostos, os EUA parecem completamente anacrónicos no que diz respeito ao seu acesso online, praticamente exigindo o uso de um programa pago para que os cidadãos possam submeter o seu IRS - de uma empresa que até ameaçou processar o governo se este disponibilizasse um programa gratuito que lhe fizesse concorrência, e que teoricamente promete fornecer uma versão gratuita para pessoas com baixos rendimentos, mas que as engana de forma a empurrar para a versão paga).

Por isso, talvez não seja de estranhar que agora chegue mais um pesadelo. A partir deste Verão a única forma de acederem aos serviços online será através de um processo de autenticação de uma empresa privada usando dados biométricos e reconhecimento facial.
Para o fazerem, têm que dar a esta empresa todo o tipo de documentos e informação privada, e sujeitarem-se a um processo de verificação facial - que ainda por cima pode obrigar a permanecer durante horas em fila de espera. E embora a empresa prometa não vender estes dados, deixa sempre a inevitável porta de escape de "poder partilhar informação com a alguns parceiros".

A pior parte é que os cidadãos norte-americanos não terão qualquer alternativa. Os serviços online só poderão ser acedidos mediante a autenticação por esta via, com o login tradicional a ficar desactivado.

Perante isto, até dá vontade de perdoar todo aquele tempo em que por cá era exigido o Internet Explorer e JAVA para se submeter informação.

5 comentários:

  1. os campeoes da democracia, ainda falam da AT

    ResponderEliminar
  2. " Perante isto, até dá vontade de perdoar todo aquele tempo em que por cá era exigido o Internet Explorer e JAVA para se submeter informação." Era? Ainda é para o SAFT.

    ResponderEliminar
  3. O capitalismo nos EUA é um dos melhores exemplos de "lei da selva" só que com deliberada intervenção humana em prol dos mais fortes.

    ResponderEliminar
  4. Nós por cá damos os dados dos nossos contribuintes à Salt Pay, também empresa privada.

    ResponderEliminar
  5. É o problema de não terem um cartão de cidadão/ bilhete de identidade de lá com chip + PIN e tal que permita uma identificação online segura... como existe cá em Portugal. Só a versão Autenticação.gov móvel é que me deixa mais preocupado com o nível de segurança, devido ao facto de as plataformas móveis não serem seguras. Mas poderiam facilmente resolver esta situação.

    ResponderEliminar

[pub]