2022/01/19

Tesla FSD mostra o que vale em percurso de 40 minutos

O condutor de um Tesla mostra o que vale o FSD 10.9 (beta) num percurso até aos escritórios da Green Hills Software e da Tesla.

Apesar do modo Full Self Driving da Tesla não ser perfeito e ser criticado, há também que não perder a perspectiva de que já consegue fazer coisas impressionantes. É precisamente isso que demonstra o seguinte vídeo, com um Tesla a percorrer estradas locais, vias rápidas, lidar com semáforos e STOPs, entroncamentos, pessoas a atravessarem a estrada em passadeiras, etc. - sem qualquer intervenção humana.


O vídeo terá sido feito em jeito de resposta ao CEO da Green Hills, que diz que o FSD Beta "tenta matar os ocupantes a cada 36 minutos", demonstrando que pode afinal fazer um percurso de mais de 40 minutos em modo completamente autónomo.

Penso que será uma questão de bom senso. O FSD pode ser bom e estar em constante evolução, mas há também que reconhecer que tem falhas - incluindo a capacidade de poder falhar a qualquer momento. Nesta fase, por muito impressionante que seja, há que relembrar que continua a necessitar da supervisão permanente do condutor. Mesmo em percursos aparentemente simples como vias rápidas, bastam uns momentos de distracção ou confiança excessiva no sistema para se poder ter um acidente (como demonstraram as múltiplas colisões de Teslas com veículos parados nas bermas - ou o condutor que foi responsabilizado por o seu Tesla ter passado um sinal vermelho). E, ao contrário do que acontece nos videojogos, na vida real não se pode recomeçar um nível para tentar novamente depois de um "game over".

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]