2022/01/19

EVOGO aposta nos postos de substituição de baterias

A EVGOGO mostrou o seu versátil sistema de troca rápida de baterias em carros eléctricos.

Embora a maioria dos fabricantes de automóveis eléctricos esteja a apostar nos sistemas de carregamento rápido das baterias, de modo a reduzir o tempo de carregamento para valores idênticos ao que se está habituado nas operações de reabastecimento de combustível, há empresas que continuam a apostar num formato alternativo: a da troca rápida dos packs de baterias.

É precisamente isso que faz a EVOGO da CATL, um dos maiores fabricantes de baterias na China.

O seu posto de troca rápida de baterias é bastante compacto, ocupando o mesmo espaço de três lugares de estacionamento, e pode trocar um módulo de bateria em apenas 1 minuto. Não menos interessante é que, em vez de se limitar a trocar um módulo, o sistema permite que os clientes optem dinamicamente por mais, ou menos, módulos. Um utilizador pode usar apenas um módulo (com autonomia para 200 km) no seu dia a dia, mas ocasionalmente optar por instalar 2 ou 3 módulos, para obter até 600 km de autonomia para viagens mais longas.


Claro que um sistema deste tipo será mais do agrado dos fabricantes de baterias, pois virá associado a mensalidades em vez de pagamentos únicos; mas não deixa de ser uma solução válida como qualquer outra, onde se terá que analisar a relação custo / benefício. Sendo que entre os benefícios temos o fim da preocupação com o estado ou longevidade das baterias (que se tornará inevitavelmente um problema quando os carros eléctricos começarem a somar anos de uso), mas entre os riscos se tem a dependência de um sistema proprietário de baterias, que nada garante que continuará a existir daqui por uma década.

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Acho q esta é a unica solução viavel para um futuro proximo, principalmente quem vive nas cidades onde não ha praticamente soluções abundantes e tambem baratas para carregar carros electricos. Isto ou entao carros a hidrogenio

    ResponderEliminar

[pub]