2022/02/07

Facebook e Instagram ameaçam encerrar na Europa

Mark Zuckerberg está a ameaçar encerrar o Facebook e Instagram na Europa, se não tiver permissão para enviar os dados dos cidadãos europeus para servidores nos EUA.

A UE está a preparar uma nova lei que exige que os dados recolhidos na Europa sejam processados e mantidos exclusivamente em servidores europeus, e a Meta não está satisfeita. A empresa de Mark Zuckerberg diz que essa transferência de dados é crucial para o seu negócio (de apresentação de publicidade direccionada), e que se não lhe for dada autorização para o envio de dados, que então poderá ser obrigada a encerrar o Facebook e Instagram na UE.

Não é nada de novo. Já estamos habituados a ver o Facebook a fazer campanhas mediáticas sempre que algo aparece no seu caminho - como os anúncios de página inteira nos jornais quando a Apple implementou a nova pergunta de aceitação de partilha de dados.

Sem dúvida que o seu intuito é mobilizar os utilizadores, assim como as empresas que apostaram no Facebook para a sua presença online, de modo a que pressionem os governos e seja encontrada uma forma de permitir a sua continuidade. Ademais, há que relembrar que estas novas regras não prejudicariam apenas o Facebook e Instagram, mas muitas outras empresas e serviços.

Seja como for, o desaparecimento do Facebook e Instagram da Europa serviria apenas como forma de oferecer centenas de milhões de utilizadores a serviços concorrentes que se apressariam a tomar o seu lugar, pelo que é impensável que a Meta cumpra com estas ameaças. Mas, na sua melhor tradição, é a que por agora vai fazendo ouvir as suas reclamações de forma mais "polémica", enquanto outros gigantes tecnológicos, como a Google, Apple, e Amazon, se têm mantido calados apesar de também terem muito a perder.


Actualização: Tal como se esperava, o Facebook meteu-se mesmo a jeito para levar com a resposta prevista: ministros europeus a dizerem que não vêem qualquer problema caso o Facebook encerre na Europa.

10 comentários:

  1. Se fosse á UE dizia-lhes para ir em frente. Já demonstraram o cancro que são na sociedade e que não se querem dar ao trabalho de mudar.

    ResponderEliminar
  2. Graças a Deus! Que ide para o lixo! Não uso nada do mundo Facebook aos anos! Só lixo ,WhatsApp,instagram e Facebook

    ResponderEliminar
  3. ui que ameaça, já estou a tremer

    ResponderEliminar
  4. Era um favor que faziam

    ResponderEliminar
  5. A Europa sempre a demonstrar não contar para o futuro da IA. Parabéns mais uma vez.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se o futuro de IA é feita por pessoas sem escrúpulos, mais vale não fazer parte!

      Eliminar
  6. eles não ameaçam... dizem aos acionistas que, se as leis na europa nao mudarem, ou se não houver um protocolo que permita, não conseguem operar na europa... não é uma ameaça. é uma constatação

    ResponderEliminar
  7. Ui, que medo! Já deviam ter ido! Pode ser que seja o princípio do fim desse cancro social.

    ResponderEliminar
  8. Toda a gente usa o WhatsApp so porque toda a gente o usa (pescado há de rabo na boca) mas há coisas bem melhores como o Telegram, o problema é a inércia que às vezes as pessoas têm em mudar, mas se forem obrigados a mudar talvez seja melhor para todos.

    ResponderEliminar

[pub]