2022/02/22

Google Drive marca ficheiros ".DS_Store" como pirataria

A Google continua a mostrar o absurdo dos copyrights, marcando os ficheiros de sistema ".DS_Store" como violação dos direitos de autor.

Depois da idiotice de marcar os documentos com números como ficheiros pirateados, o Google Drive volta a repetir o fenómeno, desta vez aplicando a violação de copyright aos ficheiros .DS_Store, que normalmente se tornam visíveis quando se copiam pastas ou ficheiros de um computador Mac para um computador Windows.
Este ficheiros de sistema normalmente permanecem escondidos nos Macs, e contêm informação referente a coisas como icons ou imagens.

Tal como aconteceu no caso dos documentos com números, não há qualquer motivo para que estes ficheiros devessem sequer ser considerados para efeitos de copyright. Mas, ao contrário do que aconteceu no caso dos números, em que a Google reconheceu o problema e apressou-se a resolvê-lo, neste caso diz que se trata de casos mais específicos. No entanto, e apesar de ter dito que os utilizadores passariam a ter uma opção para requerer uma revisão da classificação no caso de coisas erradas (como esta), os utilizadores que se têm deparado com este caso dos ficheiros ".DS_Store" dizem que não lhes é dada essa opção - ficando sem qualquer recurso fácil para poderem resolver esta situação.

1 comentário:

  1. A nossa confianca5na inteligência artificial leva a exemplos ridículos como este. Ainda vêm dizee que foi um algoritmo que decidou atacar a Ucrânia

    ResponderEliminar

[pub]