2022/02/17

Serviços de monitorização de estudantes criam sites falsos com respostas de testes

Alguns serviços de monitorização de estudantes estão a criar sites falsos com respostas de testes, para aliciarem os alunos e apanharem-nos "em flagrante" caso os visitem.

Como se não fossem já suficientemente chocantes os abusos cometidos por diversos sistemas de monitorização de alunos em testes remotos, que funcionalmente instalam verdadeiro spyware nos seus computadores e mantêm um olhar atento via webcam para analisar tudo o que fazem, temos agora nova técnica roubada aos sistemas concebidos para apanhar malware e ataques de hackers. Os chamados "honeypot" são normalmente máquinas que se deixam expostas na internet com vulnerabilidades conhecidas, com o propósito de serem "iscos" para que hackers e malware as ataquem, e no processo revelem a investigadores os métodos como funcionam.

Mas agora, temos "honeypots" destinados a aliciarem alunos, sites falsos que prometem ter as respostas a testes, e que são criados apenas para verem se os alunos caem na tentação de os visitar durante um teste - e imediatamente serem denunciados como estando a copiar.

Não sei o que será mais obsceno: existirem escolas que recorram a serviços que usem tais técnicas; ou se o próprio sistema de ensino continuar a insistir tão obtusamente na capacidade de memorização em vez de se focar em ensinar os alunos a pensar e incentivar a sua capacidade de descobrir a informação necessária e válida para o objectivo pretendido.

2 comentários:

  1. É prova de que alguma coisa não vai bem neste mundo "tecnológico".

    A tecnologia parece mesmo promover menos confiança entre seres humanos.

    Deveria ser o inverso.
    🤔

    ResponderEliminar
  2. Só faltou dizerem que isto não tem nada a ver com Portugal.

    ResponderEliminar

[pub]