2022/03/07

Rússia queixa-se de IPs ocidentais a fazerem ataques DDoS

Enquanto prossegue a sua guerra surreal na Ucrânia, a Rússia vai também usando todos os mecanismos burocráticos e legais para dar trabalho extra ao ocidente.

A Rússia divulgou uma lista com mais de 17 mil endereços IP ocidentais que diz estarem envolvidos em ataques DDoS contra entidades russas. A Ucrânia tem pedido a assistência de voluntários para lutarem digitalmente contra a Rússia, e também fornecendo informação sobre como podem juntar-se a estes ataques DDoS, mas o problema é que realizar um ataque DDoS é ilegal na maioria dos países, não havendo excepções para os ataques feitos "com boas intenções" contra um país que está a invadir outro país europeu.

Pode dar-se o caso das autoridades de cada país simplesmente ignorarem o pedido da Rússia de investigarem e actuarem contra estes endereços IP, mas a verdade é que isso deixa os países numa posição delicada de se recusarem fazer cumprir as suas próprias leis.

Arranjar um regime de excepção para permitir que cidadãos façam guerrilha digital contra outros estados também abre um precedente preocupante, pois poderia ser interpretado como um "acto de guerra". Por isso, e até que a situação esteja devidamente esclarecida, aconselha-se muita cautela a quem estiver a considerar juntar-se a ataques DDoS contra a Rússia, por muita vontade que tenha em dar qualquer pequena ajuda à Ucrânia.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]