2022/03/21

Tesla demite funcionário que mostrou colisão do FSD

A Tesla não gostou que um dos seus funcionários, publicasse um vídeo que mostra um pequeno acidente com o modo FSD.

John Bernal trabalhava para a Tesla numa área relacionada com o FSD, fazendo com que os seus vídeos no YouTube (que eram conhecidos da empresa) sobre o funcionamento do FSD, se tornassem duplamente interessantes - apesar de publicamente apenas referir as coisas que eram de conhecimento público, sem revelar qualquer "segredo" da empresa. No entanto, o seu recente vídeo que mostrou o seu Tesla a chocar contra um pilar por falha do FSD parece ter sido a gota de água, valendo-lhe uma demissão inexplicada da Tesla.

A Tesla já lhe tinha "dado a entender" que não apreciava que publicasse coisas negativas sobre o FSD, e apesar de nunca ter deixado um registo por escrito nesse sentido, esse objectivo foi agora demonstrado da forma mais explícita possível com o seu despedimento. Mais absurdo ainda, a Tesla removeu-lhe o acesso ao modo FSD no seu veículo pessoal, apesar dele nunca ter tido qualquer alerta de uso indevido do mesmo.
Este é um caso que se arrisca a ter consequências bem mais vastas. Durante anos a Tesla tem prometido um modo FSD "milagroso" que, ano após ano, tem falhado em entregar. Temos também vários incidentes de acidentes mortais derivados da confiança excessiva que os condutores depositam no modo FSD - e da qual a Tesla se iliba dizendo que é da competência dos condutores estarem "sempre atentos". No entanto, agora vemos a empresa a ter uma atitude bem activa na tentativa de penalizar quem demonstra algumas falhas que o modo FSD tem.

Veremos no que isto vai dar, mas John Bernal já disse que não faltam Teslas com modo FSD activo a que ele pode aceder para continuar a publicar vídeos.

2 comentários:

[pub]