2022/04/16

Apps de videochamadas enviam voz mesmo com o mute activado

Um estudo revela que a maioria das apps de video-conferência continuam a escutar os utilizadores mesmo quando estes activam o "mute" do microfone.

A grande maioria dos utilizadores assumirá que, a partir do momento que pressionam "mute" numa app como o Zoom, Slack, MS Teams/Skype, Google Meet, Cisco Webex, BlueJeans, WhereBy, GoToMeeting, Jitsi Meet, e Discord, o seu microfone será silenciado e não enviará mais nada para o serviço. Infelizmente, não é isso que acontece.

Estas apps continuam a enviar informação recolhida pelo microfone, umas vezes ignorando por completo o "mute" (como o Webex da Cisco), outras vezes fazendo uma recolha mais "limitada" do áudio, mas que mesmo não permitindo decifrar directamente o que for dito, permite que o áudio seja identificado de acordo com vários grupos, como: música clássica, barulho de teclas a escrever, sons de pessoas a falar, cães a ladrar, etc.
É um completo abuso de confiança e de privacidade, não sendo aceitável que estes serviços subvertam a expectativa da funcionalidade "mute". Por prático que seja, o recomendável será recorrer aos botões de mute por hardware, existente em muitos microfones e headsets, ou ao mute do próprio sistema operativo, em vez de confiar no mute destes serviços.

Uma pequena vantagem vai para as versões web app a correr dentro do browser, já que o browser implementa o "mute" como é suposto e impede a captação de áudio.

1 comentário:

[pub]