2022/04/13

Bicicletas eléctricas com maior risco de ferimentos

Embora já fosse previsível, há um estudo que comprova que o risco de ferimentos aumenta nas bicicletas eléctricas face às bicicletas tradicionais.

A organização holandesa VeiligheidNL dedica-se à prevenção de ferimentos, e revelou um estudo que indica que há mais risco de ferimentos derivados da utilização de bicicletas eléctricas face às bicicletas convencionais - mas ficando abaixo do risco de bicicletas de corrida e bicicletas de montanha.
Embora não tenham sido apurados os motivos - algo que este estudo remete para estudos posteriores (mas onde certamente o peso acrescido e potencialmente maior dificuldade no seu controlo poderão ajudar a explicar) - foi atribuída uma classificação de risco 1.6x superior às bicicletas eléctricas. Um aumento que não é negligenciável face às convencionais, mas que assim fica aquém do grau de risco das bicicletas de corrida (2x) e de montanha (3x).

A Holanda é um dos países europeus onde a bicicleta é mais utilizada como meio de transporte, e dois terços das vítimas de acidentes rodoviários (110 mil em 2021) foram ciclistas. Ainda assim, 44% dos acidentes resultam de erro do ciclista e 32% das condições da estrada; sendo que a maioria dos acidentes envolve apenas o próprio ciclista.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]