2022/05/01

Procura de automóveis eléctricos mais que duplicou face a 2021

Sem grandes surpresas, tendo em conta a evolução dos preços dos combustíveis, o interesse dos portugueses nos carros eléctricos aumentou 147% face a 2021.

O Standvirtual acaba de divulgar o Panorama Mensal do Mercado Automóvel, baseado em dados disponíveis na plataforma sobre visualizações, oferta e procura, no qual analisa detalhadamente os principais indicadores de compra e venda do mercado automóvel (usados) no mês de Março.

Verificou-se um decréscimo geral de -8% na procura e de -17% na oferta de veículos face ao período homólogo de 2021, com uma dinâmica de mercado de 9%. Estes valores representam uma ligeira diminuição face aos verificados em Fevereiro, que registou -4% na procura e -12% na oferta de veículos.

COMBUSTÍVEL

A procura por veículos eléctricos aumentou exponencialmente em Março face ao período homólogo de 2021: +147% nos eléctricos citadinos e +65% nos eléctricos premium. Estes valores foram acima dos registados em Fevereiro: +67% e +34%, respectivamente. A oferta cresceu ligeiramente face ao ano passado (+2% e +5%). Nos veículos a gasóleo, verificou-se um decréscimo de -25% da procura face ao ano passado e na gasolina a descida foi de -12%. Carros Eléctricos, Híbridos a Gasolina e Híbridos a Diesel representaram cerca de 15% da procura e cerca de 12% da oferta, em Março. Diesel (58%) e Gasolina (28%) foram as tipologias mais procuradas mas em ambos os casos, a procura está abaixo da oferta de anúncios.

SEGMENTO E MARCA

A procura cresceu sobretudo nos pequenos citadinos (+22%) e nos utilitários (+4%) em Março, mas decresceu em todos os restantes segmentos face ao mesmo período do ano passado. Apenas os coupé revelaram aumento da oferta (+5%) em relação ao ano passado. A categoria com maior decréscimo da oferta foi a dos monovolume (-30%). Os SUV (18%), carrinhas (17%), utilitários (17%) e citadinos (15%) foram os segmentos mais procurados em Março. A procura superou a oferta nos monovolume e pequenos citadinos. A BMW (12,5%), a Mercedes-Benz (10,9%) e a Renault (10,9%) foram as marcas mais procuradas em Março, bem como as mais anunciadas (12,3% e 11,8% e 10,9%, respetivamente). O Top 3 dos carros mais procurados em Março incluiu o BMW Serie 3 no segmento até 5.000€, o Renault Zoe no segmento entre os 5.000€ e os 10.000€, o Mercedes-Benz Classe C nos segmentos entre 10.000€ e 25.000€ e entre os 25.000€ e os 40.000€. Acima dos 40.000€, o Tesla Model 3 foi o mais procurado. Nos veículos electrificados, o Top 3 foi encabeçado pelo Renault Zoe, pelo Nissan Leaf e pelo Tesla Model 3.

ANO DE MATRÍCULA

A oferta de carros por ano de matrícula decresceu em todas as categorias em Março, face ao período homólogo do ano passado e abaixo do decréscimo já registado no mês anterior. Oferta de carros entre 5 a 10 anos foi a única categoria com crescimento positivo (+2%), ainda assim abaixo de Fevereiro (+8%). A procura também revelou uma evolução negativa em relação ao mesmo mês de 2021, em todos os anos de matrícula. Ainda assim, recuperou ligeiramente face aos valores do mês anterior na categoria de carros de 1 a 3 anos (passa de -26% em Fevereiro para -19% em Março). Carros com matrícula de 2015/2016 continuaram a ser os mais visualizados em Março (10%), seguindo-se os carros com matrícula de 2020 (7%).

PREÇOS

A categoria mais visualizada em Março foi a dos carros entre 10.000€ a 25.000€, a única na qual os anúncios (53%) superaram as visualizações (39%). A escassez de anúncios, em Março, manteve-se visível nas categorias de veículos acima de 40.000€ (10% dos anúncios) e abaixo de 5.000€ (7% dos anúncios). A percentagem de anúncios e visualizações foi equivalente nas categorias entre 5.000€ e 10.000€ (cerca de 15% para ambos) e entre 25.000€ e 40.000€ (cerca de 18%).

[Pela Estrada Fora]

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]