2022/09/22

Starlink mais lenta nos EUA mas rápida em Portugal

A rede de internet via satélite Starlink da SpaceX começa a ser vítima do seu próprio sucesso, com as velocidades a caírem nos EUA devido ao aumento do número de clientes. Felizmente, em Portugal isso ainda não se faz notar.

A rede Starlink tem prometido um acesso de internet equivalente a uma ligação por cabo, mas nos EUA o serviço parece estar com dificuldade para lidar com o número de clientes. No segundo trimestre do ano, as velocidades médias caíram de 90 Mbps para 62 Mps nos EUA, com os uploads a também caírem dos 9 Mbps para os 7 Mbps, segundos os dados da Ookla. No Canadá registou-se tendência idêntica, com uma queda de 97 Mbps para 75 Mbps, indicando que será uma questão geográfica, potencialmente devido ao aumento do número de clientes na região da América do Norte.

Em melhor situação estão os clientes europeus, incluindo os portugueses, que conseguem ter ligações que rivalizam - ou superam - as ligações por cabo.
Portugal fica no topo da tabela nas velocidades Starlink, com uma velocidade média de download de 123 Mbps, 28 Mbps de upload, e uma latência de 43 ms - valores excelentes para uma ligação via satélite.

Veremos de que forma é que estas velocidades irão ser afectadas quando a Starlink começar a fazer ligações com os telemóveis a partir do próximo ano, e também for usada para fazer a ligação de dados com todos os carros da Tesla.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]