2022/10/07

iPhone 14 Pro custa mais 20% à Apple que o iPhone 13 Pro

As estimativas do custo de produção dos iPhone 14 ajudam a explicar porque motivo a Apple manteve o chip antigo nos modelos não-Pro.

Segundo as estimativas da Nikkei Asia, o custo dos componentes da mais recente geração dos iPhone 14 aumentou substancialmente, fazendo com que um iPhone 14 Pro Max custe $501 em peças, face aos $461 do modelo equivalente da geração anterior. É um aumento substancial, que eleva o custo médio de produção deste modelo, que costumava situar-se entre os $400 e $450. E, a pesar bastante neste aumento está o custo do novo chip A16, que custa $110 - mais do dobro do chip anterior - e ajudará a explicar porque motivo a Apple optou por manter o anterior chip A15 nos iPhone 14 de base.

Uma vez que a Apple não mexeu no preço dos iPhones nos EUA, isto significa que irá ganhar menos por cada iPhone 14 Pro vendido, provavelmente esperando compensar isso com o aumento que aplicou nas países em que o preço foi actualizado.
Outra coisa que se faz notar é um "regresso a casa", com a Apple a optar por mais componentes de empresas dos EUA, com um terço do valor total a ser canalizado para empresas dos EUA, reduzindo a fatia que habitualmente estava destinada a empresas na Coreia do Sul e China.

A Apple também tem tentado deslocalizar a produção da China para outros países, mas ainda demorará (muitos) anos até que a Apple possa deixar de depender da China nessa vertente.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]