2022/11/12

Foto do Hubble apanha supernova em três tempos diferentes

O nosso universo está repleto de fenómenos curiosos, e astrónomos acabam de detectar um numa fotografia de uma supernova tirada pelo Hubble em 2010.

O telescópio espacial Hubble continua a surpreender com as imagens que tem captado ao longo de mais de uma década, e um olhar mais atento sobre uma dessas fotos - de 2010 - revelou algo verdadeiramente insólito: numa mesma foto apanhou a explosão de uma supernova... em três momentos diferentes.

Quando se tira uma foto pensamos estar a captar um único instante no tempo. Quando se tira uma foto ao universo as coisas mudam, pois estamos a apanhar simultaneamente estrelas que estão a dezenas, centenas e milhares de anos luz; mas neste caso o fenómeno foi ainda mais curioso, pois foi possível captar a mesma estrela, na mesma exposição, com desfasamento temporal causando pelo efeito de lente gravitacional. Ou seja, na mesma foto, podemos ver a mesma supernova , mas devido às longas distâncias e ao feito das lentes gravitacionais, aparece em diferentes locais e com um desfasamento de cerca de 3 e 8 dias relativamente ao momento e referência.

Como curiosidade, e uma vez que a velocidade da luz a atravessar vidro é de cerca de 200 mil km/s (em vez dos 300 mil km/s no vácuo), significa que as pessoas que usam óculos também estão a ver as coisas com desfasamento temporal face a quem não usa óculos. (Fica como trabalho de casa calcularem o tempo de atraso que será! :)

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]