2022/11/23

Meta cria AI capaz de jogar Diplomacy

O jogo Diplomacy junta-se a todos os outros onde os sistemas de Inteligência Artificial conseguiram superar os jogadores humanos.

Ao longo dos anos temos visto a evolução dos sistemas AI superaram jogadores humanos em todo o tipo de jogos, não só em jogos puramente matemáticos que podiam ser vencidos com a ajuda do poder de processamento bruto, como nos jogos que dependem essencialmente de estratégia e criatividade. E agora, isso aplica-se também ao jogo Diplomacy.

A grande diferença deste jogo é que, ao contrário dos jogos que se limitam a acções feitas num tabuleiro, este jogo está dependente de rondas de negociação "social" entre os jogadores, tentando criar alianças e onde as mentiras e traições fazem parte integrante das tácticas a utilizar. E surpreendentemente, esta AI criada por uma equipa da Meta, designada por "Cicero", consegue lidar com isso, obtendo o dobro da pontuação dos jogadores humanos e posicionado-se entre os 10% dos jogadores melhor classificados numa ronda de jogos no webdiplomacy, tendo também conseguido vencer num torneio de oito jogos.

Claro que nem sempre as coisas funcionavam como previsto, havendo situações em que a própria AI se contradizia ou revelava coisas indevidas (curiosamente, erros que também acontecem entre os jogadores humanos). Mas, não deixa de ser notável que uma AI tenha obtido tais resultados num jogo de negociação social. E, sendo algo que nos chega da Meta (ex-Facebook), torna-se inevitável pensar em todas as formas que este sistema poderá ser aproveitado para influenciar e manipular utilizadores, a todos os níveis.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]