2022/12/25

Califórnia proíbe "Full Self Driving" enganador nos automóveis

O estado da Califórnia aprovou uma lei que proíbe os fabricantes de automóveis de dizerem que os seus carros têm condução autónoma, se não tiverem essa capacidade de verdade.

A medida vai afectar principalmente a Tesla, que há anos tem prometido - melhor dizendo, vendido - a opção FSD (Full Self Driving) que promete que o carro tem / terá a capacidade de conduzir sozinho. É uma promessa que já deu origem a vários processos por partes de clientes que se sentem enganados, sendo que do lado da Tesla a posição é de que não estão a enganar ninguém porque têm a "boa vontade" de vir a cumprir essa promessa no futuro.

Mas, num futuro bem mais imediato, o que acontece é que deixarão de poder anunciar que os seus carros são "Full Self Driving", já que a nova lei proíbe os fabricantes de usar essa designação se só estiverem equipados com sistemas de assistência à condução que continuam a exigir que os condutores permaneçam continuamente atentos.

Sem grandes surpresas, a Tesla opôs-se a esta lei, dizendo que já informa os seus clientes das capacidades e limitações do sistema FSD. Mas, não deixa de ser uma desculpa fraca, quando no passado até despediu um funcionário que tinha mostrado no YouTube um caso em que o FSD tinha falhado, fazendo o carro colidir com um pino no estrada.

Ficam agora abertas as apostas para qual será a designação que a Tesla irá arranjar em resposta a esta lei. Talvez um AFSD (Almost Full Self Driving)? Ou um FSDCNY (Full Self Driving Coming Next Year)?

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]