2022/12/20

Notícias do dia

UE pode exigir baterias substituíveis em smartphones e portáteis; Mastodon cresce para os 2.5M de utilizadores activos mensais; análise ao TCL 30 5G; Amazon faz chegar o Matter aos Echo; actualização Windows KB5021233 causa erro de ecrã azul.

Antes de passarmos às notícias, relembro que já arrancou o nosso mega-passatempo de Natal com 31 dias de prendas.

Twitter com logos quadrados para empresas

Enquanto se aguarda para ver se Elon Musk vai cumprir a saída obtida por votação, o Twitter tenta manter o interesse das empresas, agora com a promessa de diferenciação utilizando logos quadrados em vez do seu habitual formato circular.

As empresas passam também a poder validar funcionários, que passam a ter uma referência à empresa no seu perfil, embora fique por esclarecer se permite que o utilizador se desagregue de tal associação, em situações onde queira tweetar pessoalmente sem esse tipo de ligação.


WhatsApp com "undo" de mensagens apagadas

O WhatsApp dá finalmente uma maneira para lidar com eliminações erradas, permitindo "desapagar" mensagens eliminadas por engano.

Actualmente o WhatsApp permite apagar mensagens para o próprio, ou para todos, mas se o utilizador quisesse apagar para todos e se enganasse a escolher a opção, ficava com a mensagem eliminada só para si e sem maneira de a apagar para o resto das pessoas. Com este novo "undo", os utilizadores passam a ter uma janela de 5 segundos para poderem reverter e eliminação acidental e rectificarem a situação. No entanto esta opção só surge neste caso: se apagarem para todos não há forma de recuperar o conteúdo (teria sido mais lógico também dar a opção nesse caso, para manter uma experiência de utilização mais consistente).


TikTok explica porque mostra os vídeos

Quem se deparar com um vídeo inesperado no TikTok deverá ter mais informações sobre os motivos para tal. A ideia é fornecer maior transparência sobre o sistema de funcionamento do TikTok - com o seu algoritmo de recomendações a ser considerado o "segredo do seu sucesso".

No entanto, as explicações poderão acabar por ser menos elucidativas do que se possa desejar. Muitas das vezes resumindo a justificação a algo como "está a ver este vídeo porque é um vídeo popular na sua região" - e pronto, fica a coisa explicada sem verdadeira explicação.


China inunda Twitter com spam

Na China há relatos de que os hospitais estão novamente cheios com pessoas com Covid-19, mas que apesar disso têm havido enormes manifestações e protestos nas ruas contras as restrições aplicadas. Mas ambos os cenários tornam-se difíceis de encontrar em plataformas como o Twitter, onde um exército de bots tem inundado a rede com spam relacionado com serviços de encontros e de jogos, que têm dominado os "tópicos populares" na maioria das cidades chinesas.

Não está esclarecido se se trata de uma campanha fomentada pelo governo chinês, ou se se trata simplesmente de nova vaga de spam que, por agora, parece estar a escapar à "exterminação" que o Twitter disse que iria fazer aos bots na plataforma.


Curtas do dia


Resumo da madrugada



Curiosidade do dia: A Estação Espacial Internacional (ISS) orbita a Terra a uma altitude de cerca de 408 km, e dá um volta ao planeta a cada 90 minutos. Isto significa que os astronautas a bordo têm oportunidade de assistir ao nascer e pôr do sol 16 vezes por dia.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]