2016/02/04

IGAC já bloqueia domínios que nem sequer existem


O memorando de entendimento para o bloqueio acelerado de sites vai revelando cada vez mais abusos, e o último é o bloqueio de domínios que nem sequer existem.

O bloqueio de sites sem passar pelos tribunais tem comprovado todas as piores expectativas que se tinham antecipado, como o bloqueio de sites por engano (coisa que nem se pode saber facilmente por não serem reveladas listas oficiais, sendo necessário recorrer a serviços não oficiais para saber que sites estão bloqueados) e até o bloqueio de sites que apenas partilham conteúdos legalmente acessíveis na internet - complementado pela "justificação" de que é necessário ter autorização para partilhar links!

E como se isso não bastasse, eis que mais uma vez se demonstra que os intervenientes deste memorando nem sequer cumprem as suas próprias regras. Supostamente, um site só deveria ser bloqueado se fossem cumpridos vários requisitos (como conter mais de 500 links para conteúdos ilegais) - mas afinal, parece que estas entidades estão munidas de poderes premonitórios que lhes permitem adivinhar o futuro, e só começam a bloquear domínios que nem sequer estão registados.


Um salto à lista de sites bloqueados em Portugal revela que foram adicionados vários novos domínios à lista, entre os quais um forummaximus.net.


Anteriormente, já tínhamos um forum-maximus.net na lista, mas a questão é que o domínio forummaximus.net nem sequer está registado(!) pelo que se tornará um pouco complicado justificar porque motivo terá sido bloqueado.

Se estas entidades realmente conseguem prever o futuro e querem desde já bloquear os domínios que acham que eventualmente irão ser usados para pirataria, talvez não fosse pior olharem para o seu próprio futuro para descobrirem que estas tácticas simplesmente não funcionam. Mas, enquanto o futuro não chega (e com ele a abolição deste memorando ridículo), poderiam começar por se limitarem às próprias regras que definiram... e que não incluíam estes dotes de futurologia.

24 comentários:

  1. se isso for um www.ri-di-cu-los.com ja esta bloquiado

    ResponderEliminar
  2. Há assuntos do país mais importantes do que isto. Não vejo a razão de tanta preocupação. Se eles sabem que estes sites serão usados para pirataria mais vale cortar o mal pela raiz. Vocês em vez de se preocuparem com estas paneleirices preocupem-se mas é com a dívida e com desemprego...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parece ter sido suficientemente importante para perderes tempo a comentar.

      P.s. Terás muitos outros sites que se preocupam com as questões que referiste.

      Eliminar
    2. Sr. Carlos Martins, eu percebo que o site "abertoatedemadrugada.com" seja um blog sobre "as últimas novidades sobre a tecnologia, em Portugal e no Mundo".
      Eu próprio sigo-o e gosto de estar a par das novidades. Só não concordo com o facto de serem contra a eliminação da pirataria e dos valores de Portugal.
      O governo e a população não podem compactuar com valores que não nos definem. Nomeadamente, justiça.
      Por exemplo, Sr. Carlos gostava que eu criasse um blog igual a este e fazendo "copy-paste" dos seus artigos? Não deveria ser reportado e bloqueado? Seria Justo?
      Pois isso é basicamente o que estão a fazer todos os autores de conteúdos originais.
      Pois então a minha conclusão é esta: se quer fazer artigos sobre as últimas novidades sobre a tecnologia", óptimo!
      Agora, o que não deve fazer é ir contra as leis fundamentais da democracia e influenciar as pessoas a ter uma conduta ilícita ou política-partidária.

      Eliminar
    3. Oh homónimo, ainda não te apercebeste que aqui ninguém está a ser a favor da pirataria? -_-

      Eliminar
    4. Se segues o site, saberás então que este sistema tem sido usado para bloquear:
      1) site de uma empresa de jogos - completamente legal
      2) site espanhol de notícias de música - completamente legal
      3) site com links para sites de notícias - completamente legal
      4) sites que nem existem!

      É este o problema que não se pode ignorar usando como defesa o "combate à pirataria" (sabendo-se que este tipo de combate só serve para quem quiser enfiar a cabeça na areia, pois está mais que demonstrado, até em países que aplicam bloqueios mais a sério, que isso não tem qualquer efeito prático.)

      Sim, vamos combater a pirataria... mas de forma séria e que produza resultados, e não com palhaçadas como estas que só vão começar a prejudicar (cada vez mais) sites legítimos arrastados estupidamente para a situação.

      P.S. Para não dizerem que não deixo sugestões, que tal o IGAC, MAPiNET, SPAs, e afins, começarem a pressionar para que se concretize o tal mercado digital único a nível europeu? Seria uma excelente forma de combater *realmente* a pirataria... mas não os vejo com muito interesse nisso. Porque será?

      Eliminar
    5. Sr. Rui B.,
      Ora sendo o cenário de pirataria em portugal de constante abertura de sites pirata, convém que o seu "bloqueio" o seja também.
      Estas sociedades apenas estão olhar "para o seu próprio futuro", porque no passado descobriram "que aquelas tácticas simplesmente não funcionam".
      Assim, se houver evidencias claras que abrirá um site de pirataria, é normal que o fechem imediatamente antes que, efectivamente, se concretizem.

      Pois esta "notícia" começa logo por dizer que há "abusos" no "bloqueio acelerado de sites".
      "Abusos" está a qualificar o bloqueio de sites como algo pejorativo, que não deveria acontecer.
      A lei está só a fazer-se sentir para uma maior justiça, logo concordo e subscrevo o bloqueio.

      Sr. Carlos Martins,
      Não discordo do facto do sistema ainda ser novo e poder ter problemas, como o bloqueio de sites legítimos e de empresas ou entidades que produzem conteúdos originais. Neste caso, defendo que se deva alertar a entidade para a situação, para que esta seja revertida ou haja um debate público sobre a legalidade do site em questão.
      Agora, como já disse ao Sr. Rui B.:
      "Assim, se houver evidencias claras que abrirá um site de pirataria é normal que o fechem imediatamente antes que, efectivamente, se concretizem."
      Relativamente ao mercado digital único a nível europeu, no que diz respeito aos direitos de transmissão, acho seria de muito difícil implementação e implicaria a total remodelação dos paradigmas de direitos de transmissão.

      Eliminar
    6. Como há assuntos mais importantes como o desemprego, deve discutir-se isso num site de noticias sobre tecnologia e não combater o ridículo destes bloqueios quando só servem é tachos e nem isso fazem bem. RI-DI-CU-LO.

      Eliminar
    7. "Relativamente ao mercado digital único a nível europeu, no que diz respeito aos direitos de transmissão, acho seria de muito difícil implementação e implicaria a total remodelação dos paradigmas de direitos de transmissão."

      Entenda-se: muitas associações perderiam o propósito de existir, quando não fazem mais do que aproveitar-se de impostos com o pressuposto que pode haver pirataria e assim lucrar das minhas fotografias e videos caseiros que eu quero guardar.

      Devem julgar que nós somos todos uma cambada de ignorantes. O modelo de negócio destas associações é simplesmente extorquir dinheiro aos utilizadores com um pressuposto que não existe. Ponto. É isto que revolta e é isto que dá origem a estas noticias.

      Eliminar
    8. "...acho seria de muito difícil implementação e implicaria a total remodelação dos paradigmas de direitos de transmissão."

      Seria bem mais simples do que desperdiçar todos os recursos que têm sido aplicados na tentativa (falhada) de impedir a pirataria por esta via... E ao contrário desta, seria algo que realmente seria proveitoso para os consumidores e que serviria para demonstrar o interesse em melhorar a qualidade do serviço e facilidade de acesso aos conteúdos, de forma legal.

      Eliminar
    9. A questão é essas entidades privadas terem autoridade para bloquear qualquer site, sem qualquer justificação através de uma análise tendenciosa e desregulada!

      Por essa ordem ideias, bloqueia-se também o.. Google! E não indo tão longe, porque não o Blogspot? É que basta saberes as keywords certas, e com no Google encontras quase sempre um blog com um link para o download de uma porcaria qualquer!
      Bloqueias também o Facebook, que o que não faltam por lá são uploads de videos que atropelam qualquer direito de autor! O que não faltam são grupos e páginas de partilha de links para download!

      E se calhar até que era uma grande coisa. Podia ser que o tuga quando ficasse sem Facebook, e por conseguinte com imenso tempo livre, se começasse a preocupar com este tipo de questões!

      É que eu não tenho de admitir que me tratem como um criminoso, que no fundo é o que estão a fazer!

      Somos mesmo um país de brandos costumes! Mas culpa nas tem esta entidade, culpa tem quem aprovou a lei que permite "resolver" estas questões de maneira tão, mas tão pouco democrática!

      Eliminar
    10. OPA. ..
      Aqui ao utilizador que se dá por Rui...

      Meu caro, estamos a chegar a um ponto de culpado até prova de inocência, é isso? Então não terá problemas que mandem bloquear o site da sua empresa e depois entrar em arbitrariedades para poder desbloquear o mesmo.
      Acontece que o mal está feito: entre o tempo necessário para tomar as diligências necessárias para desbloquear o mesmo, o pior é o abalo que faz a imagem pública / credibilidade da empresa/ organização. Quem vai indemnizar esta instituição por prejuízos causados?

      Imagine que algum destes "premonitores" se lembra de bloquear a Amazon? Tem a ideia do valor em causa para parar este site nem que seja por uma hora?

      Enquanto estavam a fazer bloqueio a sites que distribuíam conteúdos ilegais até nos íamos rindo com a ineficiência da medida.
      Mas neste momento está a extravasar para uma situação de irresponsabilidade e irreflectida.

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Também acho Rui Ribeiro. O site deveria não deveria estar disponível porque influencia a população no sentido de adquirir um serviço que é ilegal em portugal. Logo não faz sentido te-lo on-line.

      Eliminar
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
  4. Rui:
    Fazes horas extras por puro amor à camisa, ou pagam-te bem?
    É que, além da naftalina, cheira-me a frete...
    Ps: pura retórica, escusas de responder...

    ResponderEliminar
  5. Segundo esta lógica da batata, devia-se ter bloqueado o registo da loja iloja, ifixit ou outra coisa qualquer relacionada com a marca iphone, porque pode colidir com os interesses da apple... E em casos extremos já agora, cortamos o mal pela raiz como defende e todos os jovens consumidores de drogas leves deveriam ser enjaulados, porque o risco de caírem nas drogas pesadas é elevado e de praticarem o crime no futuro nem se fala. Acho que é o enredo de um filme de mestre Steven...

    ResponderEliminar
  6. esse IGAC ao bloquear domínios está a agir como uma criança cega e burra :)
    O verdadeiro endereço de um site não é o domínio mas sim um endereço IP , exemplo : 93.122.90.102 , depois um domínio que se regista num serviço (tipo godaddy) reencaminha-se para os nameservers do hosting para «ligar» o domínio ao endereço de IP do servidor, quando as pessoas escrevem no browser www.nomedosite.com na verdade esse endereço abre o site alojado naquele ip.

    isto para dizer que : ao terem bloqueado domínios, só bloquearam os nomes dos sites. Se soubermos os IP'S conseguimos visitar à mesma.

    A "NOS" por exemplo bloqueou o «Kickass torrents», mas eu consigo visitá-lo à mesma usando o ip address, ou usando proxy's, u ainda outros domain names alternativos.

    Se bloquearem um domínio ,por exemplo «pirata tuga», os gajos podem simplesmente registar outro domínio web no dia seguinte, e apontá-lo para o endereço IP do servidor.

    «Pirataria» so é "ilegal" porque os idiotas do governo dizem?
    Pirataria é na verdade uma mera partilha de ficheiros.

    antigamente podíamos gravar filmes da tv, em cassetes VHS, e não era considerado «pirataria».

    As editoras perdem dinheiro devido à pirataria online?

    PURA MENTIRA.

    Já viram cantores de música passar fome e deixar de lançar cds?
    A VIDISCO ou a ESPACIAL faliram?

    As produturas de filmes de Hollywood faliram?
    Todos os meses surgem filmes novos.
    O «Star wars» rendeu mais de 250 milhões de lucro.

    A Pirataria está a prejudicá-los?
    TRETAAAAAAA.

    E fiquem a saber:
    Por cada cd vendido, ou cada livro vendido, as editoras mamam 90% de comissão, e só dão 10% aos autores.

    Então quem é que anda a chular os artistas?
    Os piratas, ou as próprias editoras?

    think*

    ResponderEliminar
  7. verdadeiro site pirata:
    http://www.parlamento.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse é o site pirata que lhes paga para bloquearem sites piratas.

      Eliminar
  8. Logica do ICAG: Ha um violador em Telheiras? Vamos prender toda a populacao de Telheiras!

    ResponderEliminar

[pub]