2016/10/11

Samsung cancela Galaxy Note 7


A Samsung reconheceu que já não vale a pena tentar recuperar a imagem do Galaxy Note 7 depois de todos os incidentes que têm acontecido, e anunciou que vai cancelar definitivamente a sua produção.

O recente caso em que um dos seus representantes foi apanhado a tentar esconder o problema de que também os novos Galaxy Note 7 de substituição estão a incendiar-se espontaneamente, terá sido a gota de água. Com diversos operadores a nível mundial a suspenderem as vendas do Note 7 e a cancelarem o processo de troca das unidades originais, oferecendo o reembolso ou a troca por outros smartphones, a Samsung enfrentaria uma batalha cada vez mais difícil (impossível?) de vencer para tentar demonstrar que os seus Galaxy Note 7 já seria seguros - e mais importante, reconquistar a confiança do público.

Embora já se tenham assistido a "recalls" desastrosos (como no caso das dezenas de milhões de unidades de airbags) no sector mobile este caso do Galaxy Note 7 tornar-se-á certamente num caso que será falado durante muitas décadas e que poderá tornar-se num exemplo de como as "pressas" podem ser fatais - neste caso para a reputação daquele que deveria ser o topo-de-gama da Samsung.

O Galaxy Note 7 tinha tudo o que precisava para ser um sucesso: hardware de topo, um design bem conseguido, o melhor ecrã mobile do momento, funcionalidades para "tudo e mais alguma coisa"; e mesmo tendo um preço elevado, não havia falta de pessoas dispostas a comprá-lo. Mas os relatos de unidades a incendiarem-se espontaneamente depressa revelaram ser mais que uns simples casos isolados, dando origem a uma embaraçosa operação de recolha mundial e, quando se pensava que tudo estaria prestes a ficar resolvido, eis que também as novas unidades corrigidas continuam a exibir o mesmo problema.

Depois dos "biliões" de custo com a operação de recolha, a Samsung terá agora que somar mais alguns biliões para o cancelamento total da produção e comercialização do Note 7. Mas, infelizmente, era a única opção que lhe restava, pois mesmo até os seus maiores fãs dificilmente aceitariam o risco de ter um smartphone explosivo em suas casas ou perto da sua família.


Vai ser interessante ver que plano de recuperação de imagem a Samsung irá fazer a seguir... pois o efeito deste incidente não vai terminar com o fim da produção do Note 7, e vai deixar suspeitas sobre todo e cada novo modelo que a Samsung lançar nos próximos anos.


... É pena, pois o Galaxy Note 7 era mesmo um excelente smartphone... (e agora passará a ser uma verdadeira raridade e peça de coleccionador, que quase valeria a pena ter... se os riscos não fossem tão elevados.)


Actualização: e fica também a questão sobre o que realmente terá estado na origem do problema.

31 comentários:

  1. Não sei em que é que o Note 7 era um excelente telemovel:

    Performance pior que o 6s
    Bateria inferior à do SE em muitos testes
    Ecra teoricamente 1440p, mas como é pentile, na verdade é 720p, a menos que só o verde conte...
    Não tem dual lens
    Não tem dual speakers
    Não tem nada de especial, nem é barato
    Ainda vem com uma versão atrasada do Android (Marshmallow quando o Nougat já saiu há bastante tempo)

    Samsung fans...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Imagino que vás ter que mudar de marca quando a Apple começar a usar ecrãs AMOLED da Samsung... :)

      Eliminar
    2. Quem falou em AMOLED?

      Uma coisa é certa, a Apple não vai usar Pentile nem ecrãs que queimam a barra de estado e o teclado passados 4 ou 5 meses de utilização.

      Eliminar
    3. Pois, mas isso são todos? tenho um MBP retina desde 2014, é agora que vai começar?

      Isso é a excepção, não a regra, e a Apple considera isso, e resolve trocando... era giro se a Samsung tivesse que trocar todos os OLED com problemas de retenção.

      Eliminar
    4. Se não tens problemas no teu ainda bem, é porque muito provavelmente terás um com LCD da Samsung. :)

      Eliminar
    5. Só para referência (obrigado ao Kincas)

      "It’s a shame the Note 7’s run has ended like this. It was easily the best smartphone Samsung has ever made, and one of the best devices of 2016."
      -- Cult of Mac

      Estes Samsung fans são tramados...

      Eliminar
    6. Eu não quero saber se é Samsung, se é Xing Ling, mais uma vez, estás-me a por um clube, eu quero saber dos resultados práticos.

      O bom da Apple, é que fazem o produto final, significa que se a Samsung tem os melhores LCD, compram LCD's da Samsung, se a LG tem os melhores LCD, compram dessa fabricante. Já a Samsung vai por o que tem nos seus produtos finais, se a concorrência tiver melhor, eles não vão pôr, por causa das margens, e tu que é que ganhas em ser tudo Samsung?

      Eliminar
    7. Eu sou tudo Samsung? Deve-te ter escapado o facto de ser utilizador de iPhones desde o 3G... :)

      A única coisa que não suporto é quem gosta de usar dois pesos e duas medidas e goste de distorcer a realidade em função das suas preferências pessoais - e isto aplica-se tanto aos fanáticos Android, como Apple, como quaisquer outros que parecem ter problemas em reconhecer quando os "outros" fazem melhor do que a sua marca venerada.

      Eliminar
    8. Eu detesto mais é a ignorância e simplicíssimo.

      OLED não é melhor que IPS, foi isso que implicaste na primeira resposta.

      Eliminar
    9. Certamente estarás mais qualificado para ter essas certezas de que os especialistas na área...

      "The Galaxy Note7 is the most innovative and high performance Smartphone display that we have ever tested. It leapfrogs the displays on the Galaxy Note5 and Galaxy S7 to become the Best Performing Smartphone Display ever." - Displaymate

      iPhone 7:
      "The display on the iPhone 7 is a Truly Impressive Top Performing Display and a major upgrade and enhancement to the display on the iPhone 6. It is by far the best performing mobile LCD display that we have ever tested, and it breaks many display performance records."

      É o melhor LCD usado num iPhone (e dos melhores de sempre), mas acho que conseguirás perceber a semântica entre "melhor ecrã de sempre" e "melhor LCD de sempre"...


      Mas se tiveres dúvidas, esses mesmos senhores que percebem do que falam dizem:

      "LCDs are a great cutting edge high performance display technology for Tablets to TVs, but for small handheld Smartphones, OLED displays provide a number of significant advantages over LCDs including: being much thinner, much lighter, with a much smaller bezel providing a near rimless design, they can be made flexible and into curved screens, plus they have a very fast response time, better viewing angles, and an always-on display mode. (...) Apple’s reported move to an OLED iPhone is simply a recognition of all of the above, particularly as more and more competing Smartphones will be coming with OLED displays."

      E fico-me por aqui... porque não há muitas melhores formas de usar o meu tempo do que tentar dialogar com "senhores de certezas absolutas".

      Eliminar
    10. @rui, deixa la o teu lado fã da apple. a muitas coisas que os iphones não têm e certamente queriam que tivesse.

      Eliminar
    11. @Carlos relativo, ele tomou em conta os problemas de burn in no teste? Que partes é que ele se focou mais? Em brilho máximo, color accuracy, etc. não foi certamente. O iPhone 7 tem suporte completo DCI e o S7/N7 não, tem um hack, simples, porque é que isso não é tido em conta por ele? Ele dá muitos dados, mas o resto são opiniões do que é mais importante.

      Quanto a serem mais finos, leves, não é isso que se vê, e quanto ao bezel, e depois? Qual é a diferença que faz na prática?

      Além disso, ele fala da "Apple’s reported move to an OLED iPhone", é engraçado que falam disso todos os anos, nunca é "deste", a Apple nunca vai por OLED, a Apple é uma marca de confiança, não é uma marca que o cliente use, depois tem burn ins, e depois diga "ai isso é normal do tipo de ecrã"...

      Eliminar
    12. O curioso é que já consigo prever as tuas explicações para quando a Apple passar a usar OLEDs (aquilo que dizes que *nunca* vai acontecer, e que só não aconteceu até agora por falta de capacidade de produção dos fabricantes). Nessa altura, provavelmente já para o próximo ano, será a melhor coisa à face da Terra, porque a Apple já resolveu todos os problemas que haveria a resolver! E quando houver relatos de burn-ins, serão obviamente uma insignificante percentagem dos utilizadores (ao estilo do que afectou os MacBooks Retina, certo?). E o *nunca*... bem, não seria isso que querias dizer e coisa e tal...

      ... A memória selectiva tem dessas coisas.. Mas, espero que ambos por cá estejamos nessa altura, e lá se verá o quanto falhou a minha previsão.





      Eliminar
    13. Repito, a Apple nunca vai pôr OLEDs. A menos que desenvolva qualquer técnica que elimine o burn in, por completo. Tu falas, quero ver para o ano:

      http://imgur.com/a/T4yBJ

      "E quando houver relatos de burn-ins, serão obviamente uma insignificante percentagem dos utilizadores (ao estilo do que afectou os MacBooks Retina, certo?)."

      Mas tens algum MBPr com burn in? A Apple substitui os portáteis nesses casos, de que é que te estas a queixar? De um erro de fabrico não generalizado?

      Enfim... e ainda falam em "dois pesos, duas medidas", que é que te vais lembrar a seguir? Do bendgate, antennagate, hissgate, scratchgate, etc. etc. etc. como se sabe, tudo grandes problemas... para os jornalistas que ganham dinheiro com isso... é engraçado que todas as marcas são perfeitas, e nunca têm defeitos... nunca sai "mal" um produto da concorrência, a ver pelos vossos relatos... e ainda falam de "memória selectiva"...

      Eliminar
    14. BTW, isto é só bem-feita à Samsung, acredite-se ou não, o Karma é tramado...

      Alguém se lembra quando a Apple ia ao fundo, e o 6 Plus seria um modelo negro por causa de uma tempestade num copo de água chamada bendgate?

      http://thesocialjeep.com/wp-content/uploads/2014/09/2014-09-26_1353.png

      Imaginem se a Apple gozasse com a Samsung por ter um telemóvel que entra em auto-combustão tanto que teve de ser retirado do mercado!

      Eliminar
    15. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    16. Rui, quanto mais falas mais demonstras o teu completo desconhecimento da forma como abordamos estas questões. Recomendo que comeces a organizar uns encontros semanais com aqueles que me acusam de ser fanboy Apple e de só falar bem da Apple e mal de tudo o resto, que pode ser que cheguem a um consenso. Já agora, convidem também uns taxistas...

      P.S. Desculpa quebrar-te a ilusão, mas ao longo dos anos já passei com uma boa dose generosa de bugs e problemas em produtos Apple; quer sejam baterias a inchar em MacBooks, como iPhones com botões avariados, como até um maravilhoso bug que fazia com que a tentativa de ver uma simples imagem bloqueasse por completo um iPhone (nem sequer permitindo o restauro do sistema.) Os produtos "perfeitos" só o são até ao dia em que nos calha a nós termos problemas... E só espero que no dia que te acontecer a ti, não tenhas que lidar com alguém que te diga que isso não é problema nenhum, porque para ele sempre funcionou tudo bem e o verdadeiro problema deves ser tu e não o produto.

      PS2. O bendgate não era "problema", mas foi suficiente para a Apple mudar o material e estrutura do iPhone para não dobrar; tal como fez no antennagate... ou não?

      Eliminar
    17. Mas alguém que diga que os produtos da Apple sejam perfeitos?

      Usa s.f.f. Windows/Linux e Android por uns meses, e aí vês se é tudo verde do outro lado... e se não há bugs.

      Não é por nada que a Apple limpa os índices de satisfação de consumidor em quase tudo, todos os anos, e que regista os maiores indices de retorno de consumidor da indústria.

      PS1, PS2 e PS3: seja o que for, o que é verdadeiramente bom, não é bom porque a concorrência é má. A Apple não precisa de Samsung a explodirem para ser boa, a Samsung precisa de Apple's a dobrarem e a Apple usar IPS para ser boa, já usou isso extensivamente na sua publicidade.

      A Apple mudou para um alumínio mais pesado para os meninos do YouTube deixarem de dobrar iPhones para terem visualizações, e baterem os jornalistas todos na mesma tecla. O iPhone 4s teve o mesmo chassis e o mesmo defeito do iPhone 4, e depois? Como toda a gente viu que era a habitual tempestade no copo de água, ninguém quis mais saber.

      É todos os anos a mesma festa, é o ganha pão de muitas publicações, e tu bem o sabes. Não é por nada que o video do bendgate tem no YT 69 milhões de visualizações, já em reviews do iPhone 7, a maior tem 1.5 milhões...

      O pobre de espírito pode passar fome, mas enche a barriga ao saber que caiu uma mosca na sopa do rico. É ou não é verdade?

      Eliminar
    18. Caro Rui... todos têm direito à sua opinião, mas atirar coisas para o ar com certeza absoluta quando é mentira não fica bem a ninguém.

      O iPhone 4S teve de facto alterações nas antenas para minimizar os problemas de atenuação do iPhone 4. E mau seria se assim não fosse... Se a Apple tivesse feito um iPhone perfeito, por esta altura andaria tudo com um iPhone 1 pois não seria preciso melhorar nada.

      A cada novo produto há coisas novas que se vão aprendendo e descobrindo, e quando há saltos maiores, maiores são os riscos de acontecimentos imprevistos. É perfeitamente natural... e não ajudará que no meio de milhões de utilizadores haverá também aqueles que levam as coisas ao limite (ou para além dele), ou que têm formas de utilização que, sendo válidas, não tinham sido previstas e possam resultar em problemas.

      Eliminar
    19. O 4s teve alterações no firmware e no rádio, mas as antenas são as mesmas, se colocar os dedos no ponto certo, você vê como o sinal é reduzido, nem tanto como no firmware original do 4, mas é reduzido. Experimente para ver como é verdade.

      Só sei é que também haviam Samsungs, Nokias, etc. com o problema, mas desses? Nem pio!

      Quando foi o bendgate, também testaram com outros telemóveis de alumínio, como o HTC, e esse ainda vergava mais cedo, mas nem pio!

      Quanto ao hissgate, tanto aparelho com esse problema, tenho em casa um router com isso, e um carregador também, de marcas bem conhecidas, e é bastante comum em PCs, mas muito comum! Mas ninguém fala...

      Eliminar
    20. Não precisas relembrar o caso... na altura do "antenna-gate" fui dos primeiros a demonstrar que isso acontecia com outros smartphones.

      http://abertoatedemadrugada.com/2010/07/apple-cede-na-antena-do-iphone-4.html

      Eliminar
    21. Então os ecrãs da Samsung não prestam? Sempre a aprender...

      Eliminar
  2. Típico comentário de fanboy. Sou utilizador Apple e como não sou cego, admito muitas qualidsdes, por exemplo da Samsung, que gostaria de ver implementadas na Apple.

    ResponderEliminar
  3. http://www.cultofmac.com/448863/lol-galaxy-note-7-return-kit-includes-fire-proof-box-gloves/

    ResponderEliminar
  4. nao posso deixar de manifestar o meu contentamento pelo que esta a acontecer a samsung, o desrespeito pelos clientes era ja mais que muito, comecando pelas tretas das actualizacoes que sao sempre os ultimos do mercado a fazer chegar as toneladas de variantes de modelos que tem, passando por servicos que anunciam e nunca os realizam, como o caso das penvatars anunciadas ha dois anos para o note 4, 2 anos depois onde andam elas? eles anunciam um servico toda a internet espalha a noticia e tem toneladas de websites a fazer publicidade gratuita, espertos.... os proximos modelos haviam de sofrer do mesmo mal ou pior ainda, quando a ganancia e muita os resultdos sao esses, so peca por tardia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o note 4 já tem o android Marshmallow. e agora anda a receber patch de segurança todos os meses

      Eliminar
    2. "já tem o android Marshamllow"... isso é uma versão > 1 ano atrasada...

      Eliminar
  5. O problema da Samsung é querer lançar muitos modelos de smartphones , em vez de se focarem em meia duzia de telemoveis e apostarem na fiabilidade e eficiência não , têm tantos modelos que os possiveis clientes nem sabem ás vezes qual devem comprar para o que precisam .

    ResponderEliminar
  6. Não sei se o note 7 a nível de ecrã é uma evolução significativa em relação ao s7 edge, pois no que respeita à ecrãs amoled não concordo que sejam tão espetaculares.
    Desde o meu antigo galaxy nexus até ao meu atual s7 edge não tenho boa opinião.
    O Galaxy nexus era horrível nos brancos e cinzas, e havia dois cá em casa e num o ecrã foi trocado o ecrã.
    Agora o s7 edge, para quem é super exigente, como eu, e passaram por mim 5 que tive de trocar por vários motivos, desde sujidade dentro do ecrã, riscos logo fora da caixa, falhas de GPS, falhas no táctil.
    Em todos o ecrã não era perfeito, pelo menos para as minhas expectativas, desde extremidades inferiores com uma tonalidade azulada, a inconsistência da temperatura dos brancos ao longo do ecrã, a cinzas sólidos que mais parecem gradações ou tinham riscos com outras tonalidades. Inconsistências na comparação entre os modelos, nos que tive, dois tinham o ecrã mais amarelado, os restantes mais azulado, e um dia destes vi um com color burn dos ícones inferiores nos brancos.
    Só tiro o chapéu nos pretos que são muito bons.
    Resumindo todo o que descrevi pode existir uma ou várias destas situações em simultâneo, mais ou menos notório, coisas que vais notando com o uso.
    No meu atual posso dizer que não é perfeito, o ecrã no geral é mais amarelado e o mais comum é serem azulados, a borda inferior tem uma tonalidade diferente, pouco mas tem.
    Na minha opinião é uma lotaria estes ecrãs, e digo categoricamente que é mais marketing que outra coisa o alarido à volta do amoled, e pelo preço dos topo de gama para mim é decepcionante.
    Deve haver quem tenha a pontaria de acertar com um perfeito ou não notam estas imperfeições, algumas destas falhas só depois de as apontar é que outros a conseguiram ver.
    Mas isto é o que dá ter olho clínico, salta tudo à vista.

    ResponderEliminar

[pub]