2010/02/11

Virus e Viroses - 32% dos PCs com AV estao Infectados

Muitos utilizadores do Windows ainda não se habituaram a utilizar um programa AntiVirus nos seus computadores, e agora um novo estudo sugere que... afinal, usar um só programa anti-virus pode não ser suficiente, recomendando a utilização de múltiplos antivirus num único computador.

Este estudo demonstrou que 32% dos computadores que têm antivirus instalados tinham vírus!


O Hitman Pro é um "programa" que combina múltiplos anti-virus e é considerado por muitos como "a última solução" a tentar-se antes de uma reinstalação completa do sistema.

Embora eu não tenha tido razões de queixa do Avira, uma análise regular com este Hitman Pro poderá evitar-vos algumas surpresas desagradáveis.


Pessoalmente, continua a parecer-me ridículo que se tenha que sobrecarregar o sistema com programas que vão verificar o funcionamento de outros programas, ainda para mais quando diariamente utilizamos sempre as mesmas "meia-dúzia" de programas - mas... quer seja devido a falhas de segurança ou para detectar software malicioso disfarçado de "bom" software, parece-me que teremos que aturar os antivirus por bastante mais tempo.

5 comentários:

  1. Os antivirus sao o maior cancro que existe!
    Comem o processador todo (a qual e a razao principal para nao querer um virus no sistema :oD)...

    Eu NUNCA uso anti virus nas minhas maquinas pessoais e NUNCA apanho virus! (e nao digo isso para me vangloriar mas apenas porque os anti virus sao INUTEIS :oP)

    Hugz,
    Luis

    ResponderEliminar
  2. Eu não sou nenhum perito de Informática, mas desde quando é que se pode, ou deve utilizar vários antivírus num PC?
    Não é suposto eles entrarem em conflito?
    Cada vez entendo menos disto.

    Comprimentos

    ResponderEliminar
  3. @Luis

    É como qualquer software: há uns bem feitos, e outros que... nem por isso.
    Um bom AV deverá ter um impacto mínimo no sistema, actuando apenas quando se tenta aceder a um executável. Em windows tenho usado o Avira sem qualquer razão de queixa. (Depois de ter sido fã do Norton durante anos, mas este se ter tornado num autêntico "elefante" que - esse sim - atascava qualquer computador!)

    @Anónimo
    Não entram em conflito se o fizermos da forma que o Hitman Pro faz, que é usar vários para fazer scan ao PC, mas não estando "todos" a funcionar simultaneamente.

    @BL
    Eu também (mas não só! :)
    De qualquer forma, no dia em que o Linux chegar ao 20/30/50/100% do mercado, podes ter a certeza que começaremos a ter "virus" e "malware" em Linux nos mesmos volumes que temos hoje no Windows.

    É que, por muito seguro que seja um OS, que segurança é que este pode ter quando é o utilizador a dizer que quer instalar esta "barra XPTO aceleradora da internet", que traz um malware associado?
    Nessa altura, será necessário um serviço estilo "AV" que permita verificar se o programa é "seguro" ou não.

    Idealmente, isso deveria ser feito apenas por altura da instalação, ao invés de estar a correr constantemente no PC, a verificar todos os ficheiros que estão a ser acedidos, etc.

    ResponderEliminar
  4. @Carlos Martins

    Desde já agradeço por me teres esclarecido.
    Sou sincero,estava a ficar preocupado ;)

    ResponderEliminar

[pub]