2012/01/21

O Erro Mais Comum no Chrome


Poderei não ser o caso mais comum de utilização de browsers, com duas ou três janelas do Chrome com dezenas de tabs permanentemente abertas, por longas semanas e meses sem reboots pelo meio - excepção feita quando surge um qualquer update do Windows que a isso obrigue, ou que uma nova versão do Chrome me faça reiniciar o browser.

E por norma, tudo funciona sem grande problemas... mas de vez em quando, lá surge o momento em que o Chrome parece ficar encravado e sem reagir aos clique do rato. E sempre que tal acontece, invariavelmente, recupera alguns segundos mais tarde com aquela mensagem a amarelo que surge no topo da janela e que diz: "The following plug-in has crashed: Shockwave Flash".

... Cada vez mais começo a ficar com vontade de adicionar um Flash-blocker ao habitual ad-blocker....

Actualização: afinal parece que há solução para resolver (pelo menos alguns) dos crashes do Flash no Chrome.

3 comentários:

  1. Olá, eu uso o flashblock assim vejo apenas o que quero e a probabilidade de erro é reduzida, recomendo principalmente para computadores menos capazes mas claro que não é a solução perfeita, essa seria o fim do flash pelo menos da forma como é mas infelizmente o habito de «deixar andar até não dar mais» parece estar instalado em tudo e todos.

    ResponderEliminar
  2. Os "palhaços" da Adobe decidiram despedir montes de malta do Flash e canalizar outros tantos para serviços diferentes. E o resultado está à vista... É que sinceramente nunca tive tantos problemas com o Flash Player como agora.

    Entretanto a Adobe está com umas políticas super injustas de preços para os upgrades do Creative Studio e os utilizadores do Photoshop e companhia já não estão a gostar muito da situação.

    Algo me diz que se as chefias não mudarem de atitude, vão-se afundar rapidamente. Enfim, uma situação para se ir acompanhando...

    ResponderEliminar
  3. Anónimo3/2/13 12:59

    O Google Chrome é, sem sombra de dúvidas, um excelente navegador. Apresenta rapidez, estabilidade e segurança durante a navegação. Entretanto, ele não está livre de conflitos e problemas, principalmente quando se trata de complementos e plugins.

    O Shockwave Flash pode ser responsável por um problema de estabilidade muito chato no Chrome, que atrapalha a navegação e deixa o navegador lento e problemático. Ao contrário de outros navegadores— como o Mozilla Firefox —, o Chrome possui o Shockwave Flash instalado diretamente no seu núcleo, não precisando acessar o plugin como um aplicativo externo.

    O objetivo disso é assegurar-se que o plugin esteja sempre em sua última versão — já que ele é atualizado sempre junto com o Chrome. O problema é que algumas vezes esse plugin interno entra em conflito com a versão instalada no sistema, e isso pode gerar a instabilidade do navegador. Vamos aprender agora como resolver isso.



    Faça você mesmo
    O primeiro passo é saber se o seu Google Chrome está com mais de uma versão do plugin instalado. Para fazer isso, digite na barra de endereços “about:plugins”. Você vai chegar em uma página que contém todos os plugins instalados no seu navegador. Procure por “Flash” e veja se ao lado dele está marcado “2 files”. Caso a resposta seja positiva, clique em “Detalhes”, como mostrado na imagem abaixo.



    Aqui são exibidas as propriedades do Shockwave Flash instalado. Você deverá desabilitar a versão interna do plugin. Veja na imagem a seguir: a versão correta é a que possui o caminho de instalação “C:\Users\...\AppData\...”.A outra é a instalada no sistema, e deverá continuar como está.



    Feito isso, basta reiniciar o Google Chrome. Se o seu navegador estava apresentando algum problema relacionado ao Shockwave Flash, agora deverá funcionar normalmente.

    É importante lembrar que, como você desabilitou o motor interno do plugin instalado no Google Chrome, não receberá mais atualizações automáticas junto com as novas versões do navegador. Para atualizar o Shockwave Flash, você deverá ir até a página da Adobe e atualizar o plugin manualmente.

    Caso o seu navegador continue a apresentar problemas de estabilidade, você pode tentar desinstalar o Google Chrome com o Revo Uninstaller, que apaga todos os traços dos aplicativos do sistema operacional. Reinstalando o navegador, ele deverá funcionar corretamente. No entanto, esse processo mais radical elimina todas as configurações e modificações feitas no navegador.

    Atualização
    Algumas pessoas comentaram que, em vez de dois, encontraram três arquivos dentro da categoria “Flash”. Caso essa seja a sua situação, basta repetir o processo para o segundo arquivo, veja a imagem a seguir.



    A única versão que deve ser mantida é a do sistema que encontrado no caminho “C:\Windows\system32\Macromed\Flash\...” Lembre-se de reiniciar o Google Chrome para que a alteração tenha efeito.

    ResponderEliminar

[pub]