2014/04/26

A física dos Balões num carro em movimento


Todos conhecem as leis da física. Um carro em aceleração "empurra-nos" contra os bancos; se travar tem o efeito oposto. Portanto, poderá parece um pouco estranho que um balão pareça estar imune a estas forças e reaja de forma inversa ao que se esperaria. Será que os balões violam as leis da física?

Obviamente que não, o que se passa é que não estamos habituados a lidar com objectos mais leves que o ar, e por isso o seu comportamento nos parece "estranho". Quando se acelera num automóvel, um balão no seu interior terá tendência para se inclinar para a frente, ao contrário do efeito que se esperaria nos objectos normais, de serem "empurrados" para trás.

O efeito torna-se mais fácil de perceber se em vez de ar e um balão se usar uma garrafa cheia de água com algum ar no seu interior - e cujas bolas de ar terão o mesmo comportamento do balão. Quando um automóvel acelera, o ar no seu interior é empurrado para trás (tal como a água dentro de uma garrafa), e isso faz com que os elementos mais leves "flutuem" para a parte da frente do recipiente... que no caso do balão, é o automóvel.

... Não deixa de ser um bom exemplo para cativar a curiosidade dos mais pequenos e fazer com que fiquem mais atentos nas aulas de física.

1 comentário:

  1. Quando era criança tentei fazer esta experiência várias vezes... mas nunca consegui. :P

    ResponderEliminar

[pub]