2014/10/26

7 coisas que podes fazer com um iPad antigo


Vimos que as vendas de novos iPads têm estado em declínio, e isso deve-se principalmente ao facto de que, quem já os tem, não sente necessidade de ter que os trocar a cada um ou dois anos. Mas inevitavelmente, lá chega a data em que um iPad antigo se começa a tornar obsoleto... mas isso não significa que o mesmo deixe de ser útil. Hoje trago-vos várias sugestões de como poderão continuar a usar um iPad "velhinho".

1. Como leitor de eBooks, revistas e notícias
Mesmo o mais velho iPad continua a ser capaz de apresentar imagens no seu ecrã - espera-se! Por isso, mesmo quando as restantes apps se tornam mais pesadas, isso não impede que não possam continuar a usar o vosso iPad como eBook reader, ou para ler revistas e notícias. Com um suporte adequado até o poderão usar como ecrã que vos mostra as últimas notícias que se forem tornando populares - ou acompanhar o vosso site favorito com um leitor de feeds RSS.


2. Leitor de comic books
Os comics já existem há muito mais tempo que qualquer tablet, mas nem por isso deixam de ser perfeitamente compatíveis. Para além dos ebooks e revistas, o vosso iPad continuará a ser uma ferramenta perfeita para acompanharem as aventuras dos vossos heróis favoritos da banda-desenhada (ou "graphic novels", como se usam nos casos mais "chiques") - assim como para relerem todos aquelas velhas histórias que gostariam de revisitar (eu ainda tenho prometido a mim mesmo que um qualquer dia irei digitalizar as muitas centenas de livros de BD que tenho encaixotados em casa dos meus pais. (Mas até tenho medo de lá ir espreitar e comprovar se estão ainda em estado "utilizável"!)


3. Assistente para a cozinha


Fartos de organizar receitas e percorrer as infindáveis páginas dos imensos livros que foram acumulando? Um simples iPad será capaz de vos dar acesso a todas as receitas que existirem na internet (e nas muitas apps disponíveis), e até vos poderá ajudar a organizar a lista de compras para que nunca vos falte nenhum ingrediente. (Podem também encontrar suportes interessantes que vos permitem esconder o iPad quando não é necessário, e libertar espaço de trabalho.)



4. Como segundo monitor



É uma funcionalidade que deveria vir  incluída de origem em todos os tablets: a possibilidade de o usarmos como um monitor de outro dispositivo. Não o sendo, lá temos que recorrer ao célebre "there's an app for that", que no iOS se traduz por este Air Display, compatível com Mac e Windows, e que nos permite usar um iPad como touchscreen secundário de um computador. E sim, podem usar o touch no iPad para interagir com aquilo que surge no ecrã - em vez de terem que arrastar o rato até lá.


5. Um Media Center portátil


Se optaram por um iPad de maior capacidade, os gigabytes extra poderão ser tudo o que precisam para carregar horas e horas de músicas e filmes no vosso iPad, permitindo entreter miúdos e graúdos sempre que forem para qualquer local onde as opções de entretenimento sejam limitadas. Se se tratar de um iPad 2, poderão tirar partido do AirPlay mirroring para enviar os conteúdos para uma televisão; mas mesmo que não esteja nenhuma por perto... sempre é melhor que nada.


6. Uma moldura digital


Poderá parecer um pouco redutor usar um iPad apenas como moldura digital mas, se entretanto já estão a usar um iPad mais recente (ou outro tablet) e o vosso iPad já nem sequer pode correr as apps actualizadas mais recentes, sempre será melhor do que o meter numa gaveta sem qualquer utilidade. Também não será difícil encontrarem uma moldura a preceito que ajudará a cumprir esta função na perfeição.


7. O vosso centro de comando em casa (ou fora dela)


É assustador ver que muitos dos controladores com touchscreen para sistemas de automação doméstica custam bem mais que um iPad novo. Por isso mesmo, um iPad, por muito antigo que seja, torna-se na opção ideal para o usarem como controlador - tanto em casa, como fora dela. Desde o controlo das luzes, monitorização dos consumos, ou até ver o que por lá se passa quando estão fora de casa usando as câmaras de vigilância, o vosso velhinho iPad será mais que capaz de cumprir com esta função... poupando-vos uma apreciável quantia face à opção de aquisição de um controlador touchscreen "tradicional".


Agora aproveita e espreita o restante top 10 das dicas para descobrires outras coisas úteis. :)

1 comentário:

[pub]