2015/01/05

Nvidia apresenta o Tegra X1 - equivalente a um super-computador do ano 2000


Já sabemos que a evolução tecnológica não pára, e a Nvidia não se deixa desanimar pelo facto do seu Tegra K1 não ter impressionado o mercado. O seu novo Tegra X1 vem novamente subir a parada na potência de processamento disponível num chip "mobile", e que a Nvidia faz questão de salientar ser mais potente que o mais potente super-computador existente no ano 2000.

O Tegra X1 recorre à mais recente arquitectura Maxwell, com um GPU com 256 cores acompanhado por um CPU octa-core de 64 bits, e consegue duplicar o desempenho e eficiência face ao Tegra K1. É um chip que não tem problemas a lidar com vídeo 4K a 60fps, e é também o primeiro a superar 1 Teraflop de processamento - um feito assinalável quando se considera que o primeiro supercomputador a conseguir isso apenas o fez no não muito distante ano 2000 (e ocupando uma área de 150m2 e necessitando de mais de um milhão de watts).

Embora sejam óbvias as suas potenciais utilizações para todo o tipo de equipamentos mobile, a Nvidia antevê que toda esta potência seja extremamente útil para os automóveis autónomos. O seu sistema Drive PX usa dois Tegra X1 e suporta até 12 câmaras de alta-resolução simultaneamente para que o carro possa manter uma vigilância constante sobre o que se passa ao seu redor e poder fazer coisas como procurar um local de estacionamento e estacionar sozinho.

Mais vocacionado para quem vai dentro do automóvel, o Drive CX (que pode usar Tegras K1 ou X1) é destinado a alimentar os sistemas de "infotainment", sendo capaz de exibir até 16,8 milhões de pixeis - o suficiente para suportar múltiplos ecrãs de alta-resolução (mais de 8 ecrãs Full HD em simultâneo).

... Será que ainda vamos ver as marcas automóveis a fazerem referência a coisas como "powered by Nvidia" nas características dos seus veículos como forma de atrair a clientela mais tecnológica?

2 comentários:

  1. Isto talvez possa melhorar a aceitação do Nexus 9 do ponto de vista de plataforma de desenvolvimento para o futuro...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No entanto a intel também está lançada e o Nokia N1 é capaz de ajudar a dar um impulso aos CPU's intel no mundo dos tablets Android..

      Mas se este X1 duplica a performance do K1 duplicando o numero de cores não é um grande feito.. pois era importante melhoar também em single thread.

      H265 4k/60 10bit é muito bem vindo :) há muito que precisamos de mais de 8 bit para video, mas penso que o VP9 não suporta ainda..

      Eliminar

[pub]