2015/03/10

O adaptador de €89 obrigatório para o novo MacBook de 12" com USB Type-C


O novo MacBook de 12" pode ser o mais fino de sempre, o que implicou substituir a maioria das portas encontradas nos MacBooks por uma única porta USB Type-C. O que isso também implica, é que obrigatoriamente somem quase 90 euros ao preço do mesmo, para lhe adicionarem um adaptador multiportas.

A Apple sempre foi uma marca que sempre se aventurou no abandono de formatos mais antigos, e volta a fazê-lo com este MacBook que aposta exclusivamente numa ficha USB Type-C com a qual pretende substituir as restantes portas USB "tradicionais", saída de vídeo e também ficha de alimentação.

Eventualmente, lá poderemos chegar ao ponto em que qualquer dispositivo USB Type-C - como monitores, teclados, fontes de alimentação, etc. - possam integrar hubs de multiplicação de portas, mas nesta fase inicial será bastante complicado nem sequer poder ligar uma pen USB "normal" a este novo MacBook ou ligá-lo a um monitor externo. Por isso me parece que será indispensável investir 89 euros nos adaptadores que a Apple vai disponibilizar:


Ambos contam com uma porta USB 3.0 standard, uma nova porta USB Type-C, e uma saída VGA ou HDMI dependendo do modelo. Para o preço, parece-me que não teria custado muito adicionar mais uma ou duas portas USB (especialmente se considerarmos que quem o quiser manter a carregar, já gastará obrigatoriamente a porta USB Type C do adaptador, deixando apenas uma única ficha USB disponível) embora o ideal fosse ter adicionado mais uma ou duas fichas  - mesmo que Type-C - ao seu portátil.

Por isso, quando estiverem a fazer as contas ao custo deste MacBook de 12", não se esqueçam de somar mais 90 euros para ficarem com um custo mais realista do que terão que pagar por ele.

17 comentários:

  1. Não vejo o porquê dessa "obrigatoriedade".

    ResponderEliminar
  2. Melhor é esperar uma semana para que apareça cópias no dealextreme :-D

    ResponderEliminar
  3. Que raio de idiotice...
    Quer dizer, que pioneiros! Que inovação maravilhosa.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. disseram isso mesmo do iMac original (o G3 de '98)
      sem ele talvez ainda não tivesses USB...

      Eliminar
  4. O que acho mais estranho é todos falam do única porta, mas ninguém fica "chocado" com o dual core a 1.3 por 1300$ é um NETbook por 1200 euros .... DAMMMM

    Isto é tirar coisas de um pc e depois chamar lhe uma característica, já viram quanto custo o macbook pro ????
    Acho que há limites para ser um fã boy.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nisso entras noutras áreas...
      Que netbook é que tens com um ecrã de 2048px, sem ventoinha, e que tenha 13mm de espessura, e um peso de 900g?

      Quem valorizar isso e estiver disposto a pagar... que faça o favor de o fazer.

      Para muitos outros, certamente ficará muito melhor servido com outras opções - nomeadamente quem preferir ter um CPU mais decente.

      (E aproveito para referir que ainda recentemente andei a procurar por portáteis com ecrãs Full HD, e fiquei chocado por não encontrar praticamente nada abaixo dos 800 euros... numa altura em que até tablets de 300-400 têm ecrãs desses ou superiores.)

      Eliminar
    2. Portáteis com ecrãs Full-HD abaixo de 800 euros vi um Acer Aspire V3 na Box.

      Para mim este portátil da Apple seria interessante se não viesse só com uma porta. Por que raio é que isso é motivo de orgulho num portátil? Ou ponto de marketing?

      Eliminar
    3. Eu julgo que já se encontram alguns FullHD abaixo desses valores. O difícil é encontrar acima disso(mais resolução que FullHD), nem mesmo em portáteis a rondar os 1400€.
      Também não entendo o porquê, precisamente pela mesma razão apontada a propósito dos tablet´s e outros ecrãs com resoluções muito superiores...

      Quanto à função de única porta deste Macbook é comer e calar... quem o vai comprar de certeza que achará que é um avanço ou inovação muito à frente. Já para mim é uma anormalidade ter que "acarretar" um adaptador externo para fazer ligações diversas... Enfim...

      Ainda assim, era útil que algum dia se convertessem todos os tipos de entradas digitais num só formato..."

      Eliminar
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Eliminar
    5. Só um pequeno à parte, na apple store portuguesa este mac está a 1500€, o que o torna ainda mais absurdo. Sou a favor do progresso mas achos que eles foram longe demais. Principalmente quando podemos adquirir um macbook pro pelo mesmo preço (mais autonomia, melhor GPU, muito melhor CPU + Portas)

      Eliminar
  5. Faz sentido que no futuro eventualmente se faça todo o tipo de transferências por wireless.
    Mas mesmo nesse futuro se se quer ligar um rato e um teclado externos por USB (há quem não queira ficar sujeito a input lag) fica-se a arder...

    Mas pronto, é fashion.

    ResponderEliminar
  6. O portátil mais fino de sempre. Mas depois temos de andar com um pinchavelho atrás para ligar uma pen ou um rato... Enfim...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. acho bem pior ter de andar com um rato atrás
      e com um transformador de corrente monstruoso

      mas cada um com as suas preferências

      Eliminar
  7. Sinceramente, e sem querer parecer fanboy, acho que o futuro passa por aqui.
    Tenho um MacBook Pro de 2012 e já não me lembro de usar a maioria das entradas:
    · ethernet faz jeito uma ou outra vez, mas não é essencial;
    · FireWire, nunca usei;
    · Mini DisplayPort, usei duas ou 3 vezes para ligar a projectores;
    · SDCard já não se usa, é mais fácil ligar o aparelho por USB que estar a tirar e meter o cartão;
    · USB são as únicas que ainda vou usando regularmente, mas embora tenha 2, raramente as utilizo em simultâneo.

    Daí que eliminá-las de forma a fazer o portátil mais fino e leve, parece-me boa ideia. Tudo bem que quem precisasse tinha de andar com um pendurico atrás, mas a maioria dos utilizadores não precisa dele a toda a hora.
    NO ENTANTO, todos os portáteis que optassem por este caminho deveriam vir já com o respectivo adaptador incluído. Não lhes custava nada meter um em cada caixa…

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também nada tenho contra a aposta no USB Type-C (é o futuro, sem dúvida), mas pelo menos poderiam ter colocado duas ou três destas portas no MacBook, para que -no mínimo- se pudesse estar a carregar o portátil enquanto se usasse outra porta para outra coisa sem necessidade deste adaptador "multi".

      Eliminar
    2. Mesmo usando o carregador e tendo outra USB Type-C livre, seriam sempre necessários adaptadores…

      Eliminar
    3. Se queres estourar 1400€ num portátil com uma porta USB estás no teu direito.
      Eu por 1400€ prefiro comprar algo que me ofereça mais versatilidade nas portas e no que posso fazer com ele.

      Eliminar

[pub]