2015/04/22

Google aposta numa internet "a pagar" com menos anúncios

O Google parece estar a expandir o seu Google Contributor, que vai propondo a cada vez mais pessoas a possibilidade de ver menos anúncios na internet... mediante o valor que estiver disposto a pagar.

Esta modalidade foi apresentada no final do ano passado, mas que parece estar a ser alargada - numa altura em que também nos vamos aproximando da modalidade paga do YouTube para nos livrar da publicidade.

A ideia é simples: os anúncios do Google estão presentes em grande parte das páginas web que se visitam diariamente. Com esta modalidade "contributiva", cada pessoa poderá optar por pagar uma mensalidade de 2, 5 ou 10 dólares - que terá como efeito ver até menos 15%, 25%, ou 50% de anúncios.


Não posso deixar de achar que é uma proposta um pouco "complicada" de vender; pois a maioria das pessoas que se sente incomodada com anúncios já recorrerá a ad blockers para os bloquear, sem ter que pagar por isso; enquanto que para as outras que não se chateiam com eles, será irrelevante que lá estejam ou não. Por outro lado, tal como referimos a propósito da modalidade sem publicidade no YouTube, esta alteração será igualmente acompanhada por uma redução dos lucros de publicidade do Google nos sites - que o Google tenta amenizar fazendo apenas uma redução parcial dos anúncios - o que poderá fazer com que muitos sites comecem a considerar redes de ads alternativos em vez dos do Google.


Não há fórmulas fáceis para encontrar um equilíbrio entre quem procura tirar rendimentos com publicidade na internet e quem paga por essa publicidade - mas não me parece que este Google Contributor vá convencer nenhuma das partes (sendo que, quando muito, poderá incentivar a que os sites implementem eles próprios modalidades pagas que livrem os utilizadores de publicidade - um pouco ao estilo das "paywalls" de alguns jornais online.)

1 comentário:

[pub]