2015/11/11

Vic Gundotra junta-se à AliveCor para tornar electrocardiogramas mais acessíveis


O tracking de actividade e do ritmo cardíaco é apenas a primeira fase dos wearables e recolha de dados sobre a nossa actividade e saúde. A AliveCor já trabalha na segunda fase, facilitando a recolha de electrocardiogramas que permitirão detectar eventuais problemas cardíacos.

Será talvez coincidência que Vic Gundotra se tenha juntado à AliveCor, uma empresa que quer facilitar o acesso aos electrocardiogramas com um sensor de baixo custo, alguns meses depois de ter saído do Google e assistir à morte lenta do "seu" Google+ (o que poderá causar-lhe algumas irritabilidade cardíaca. :)
Enquanto que os smartwatches e smartphones com medição de frequência cardíaca nos permitem ver apenas o ritmo cardíaco, com este sensor da AliveCor temos acesso a um verdadeiro electrocardiograma que permite recolher todo um conjunto de informações que permitirá registar e detectar potenciais anomalias, como arritmias e outros problemas.

O sensor é um pouco volumoso, consistindo em duas placas metálicas que ocupam praticamente toda a traseira de um smartphone; bastando segurar no smartphone de modo a que os dedos de cada mão fiquem em contacto com elas - ou em alternativa, encostando o sensor ao peito.

O sensor da AliveCor custa 75 dólares, e esperemos que agora que tem Vic Gundotra como CEO, o seu futuro seja mais brilhante que o do projecto que encabeçou no Google.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]