2018/01/26

LG pode apresentar um V30+ no MWC

Em vez do sucessor do seu topo de gama G6, a LG poderá limitar-se a apresentar uma versão ligeiramente retocada do V30 no MWC em Barcelona.


O ano de 2018 não está a começar da melhor maneira para a LG. Procurando dar a volta aos fracos resultados obtidos na área mobile, a LG resolveu alterar a sua estratégia, passando a lançar novos smartphones apenas quando considerar que tal se justifica e não no tradicional ciclo anual que o mercado foi habituado a esperar. Assim sendo, o LG G7 não será apresentado no MWC que vai decorrer no próximo mês em Barcelona; o que poderá ser apresentado, é um LG V30+, uma versão melhorada do V30.

Até ao momento apenas foi avançada a possibilidade deste V30+ ter um novo chip para o processamento das tarefas relativas à inteligência artificial, mas até se pode dar o caso da novidade ser apenas o Google Assistant, dada a proximidade da LG com a Google.

Uma coisa é certa, o cenário não é nada positivo. Ter um dos maiores eventos mobile do ano à porta e uma total indefinição quanto ao futuro está longe de ser aquilo que todos desejam para a LG. Espera-se que esta fase passe rapidamente, para que se fiquem a conhecer os novos planos da marca Sul-Coreana para o mercado móvel. Sendo que a nossa sugestão há muito que é conhecida: bastará fazerem os bons equipamentos que são capazes de fazer... e trazê-los para o mercado a um preço ultra-concorrencial!

3 comentários:

  1. A LG é uma das minhas marcas favoritas, mas o que tenho constatado por exemplo com o LG G6, é que este terminal embora tenha sido apresentado em Janeiro de 2017 não é um aparelho "fácil" de adquirir. Quantas vezes vou a casas da especialidade e não consigo ver um G6 nem um V30. Agora pergunto, porque é que isto acontece? Porque é que os terminais fantásticos da LG são apresentados e não chegam ao mercado?

    ResponderEliminar
  2. A LG lutou, lutou, mas conseguiu desnortear-se, totalmente, nos mercados fora do seu país.
    1 - Aparelhos anunciados que passados meses, nunca se viram,
    2 - UI que não lembra a ninguém,
    3 - Design qb, mas com detalhes que custa a entender (veja-se a foto acima: é realmente necessário um bezel inferior tão grosso? Só se for para lhe pôr o nome, como se isso fosse necessário...

    No mundo de Smartphones, a LG safa-se nas TV's, o que já não é mau... ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para não falar na palhaçada dos modelos diferenciados: quem comprasse num país tinha audio "HiFi"; quem comprasse noutro tinha carregamento wireless; etc...

      Eliminar

[pub]