2018/02/18

Apple obriga apps a suportarem iPhone X a partir de Abril


Goste-se ou odeie-se, o recorte no ecrã do iPhone X já se tornou num elemento "de marca" (que até tem sido replicado desnecessariamente por outros fabricantes); mas agora a Apple aumenta a pressão sobre os developers, para que as suas apps estejam preparadas para lidar com isso.

A partir de Abril de 2018, todas as novas apps submetidas para a App Store terão que usar o SDK do iOS 11 e, não menos importante, terão que suportar o formato de ecrã do iPhone X.

Por um lado, é perfeitamente natural que a Apple se queira certificar que assim é, pois não fará muito sentido que os clientes que comprem um iPhone de mais de 1000 euros ainda tenham que lidar com apps que não estão preparadas para usar o seu ecrã correctamente, meio ano após o seu lançamento. Por outro lado, este é um problema que é minimizado pelo facto de muitas das apps se adaptarem automaticamente ao ecrã, caso tenham seguido as recomendações de desenvolvimento e design da Apple.

Actualmente, o maior problema acontece com apps como jogos, em que o recorte do ecrã do iPhone X, ou os cantos arredondados do ecrã, ou ainda a (cada vez mais ridícula) barra persistente na fundo do ecrã, podem interferir com alguns dos conteúdos apresentados.

... No caso da barra, acho que ao fim de meio ano, e tendo em conta que estamos a falar de uma empresa que até vai dar aos utilizadores a opção de "não abrandar iPhones" (mas potencialmente causando reboots inesperados), também já estava na hora de se ter uma opção para "fazer desaparecer a barra". Os utilizadores, e o ecrã OLED, agradeceriam imensamente!

1 comentário:

  1. Curiosamente a Apple ainda não optimizou certas Apps para o iPhone X (iMovie por exemplo)

    ResponderEliminar

[pub]