2018/02/01

UFS 3.0 terá velocidades de até 2.9GB/s


Já sabemos que a tecnologia não pára, e JEDEC já revelou as especificações do UFS 3.0, que permitirá aumentar o desempenho dos chips de memória ao longo dos próximos anos.

O UFS 3.0 vai permitir uma velocidade de transferência máxima de 2.9GB/s, ao mesmo tempo que permite consumos mais reduzidos (a 2.5V) e também permite a utilização dos mais recentes tipos de memórias NAND. Outra das apostas desta nova especificação é orientada para a utilização no sector automóvel, com a possibilidade dos controladores receberem notificações quando se atingem extremos de temperatura (que podem ir dos -40C aos 105C), e também terem uma funcionalidade de auto-refresh, que poderá transferir dados de umas células para as outras, para garantir que mantêm sempre um nível de carga que reduza a probabilidade de erros.

Nem que fosse apenas pelas vantagens em termos de velocidade, chips UFS 3.0 já seriam mais que bem vindos - estão a imaginar um smartphone que possa varrer 1GB de fotos ou vídeos em menos de meio-segundo? - mas infelizmente isso ainda irá demorar a acontecer.

Neste momento nenhum dos SoC da Qualcomm, HiSilicon, MediaTek e Samsung suporta ainda este UFS 3.0, pelo que o melhor que se poderá esperar é que isto venha a ser implementado na próxima geração de SoC, que só ficará disponível no final do ano ou início de 2019. Mas pronto... sempre serve para nos dar algo pelo qual esperar...

1 comentário:

  1. Mas o material muktimedia armazenado na flash normalmente está comprimido de alguma forma (jpg, h.264, etc) e não estou a ver um CPU capaz de descomprimir as imagens para tirar partido de velocidades acima dos 0,2GB/s.
    Mas era interessante se desse para gravar 4k@1000FPS mas depois levanta outro problema: o preço dos discos para guardar esse material não está a acompanhar a crescente necessidade de espaço para cada vez mais definição/FPS/bitrates..

    ResponderEliminar

[pub]