2018/03/09

Análise ao Emporio Armani Connected ART5000 smartwatch


O segmento dos smartwatches Android Wear tem estado bastante parado, com várias marcas tecnológicas a suspenderem o lançamento de novos modelos. Curiosamente, há outras - não tecnológicas - que tem ocupado o espaço livre, como é o caso da Emporio Armani e da sua gama Emporio Armani Connected.

Não é segredo que o sector dos smartwatches avivou o interesse das empresas de moda (e dos relógios), pois é o tipo de produto que não só tem a componente tecnológica que tanto agrada aos geeks, como a componente "da moda", dos consumidores que compram os produtos por gostarem do seu aspecto e qualidade. Nos smartwatches, enquanto continuamos a aguardar pela chegada dos modelos Android Wear de baixo custo, temos também ofertas no extremo oposto, para quem procura um smartwatch que não faça compromissos na qualidade de construção... e que esteja disposto a pagar por isso.

O Emporio Armani ART5000



O Emporio Armani ART5000 é um smartwatch que mostra estar numa classe à parte logo desde o primeiro momento. Em vez da tradicional caixa "descartável", o ART5000 vem muito bem acomodado num estojo com o interior de veludo, e com secções que permitem guardar o carregador (wireless) e também braceletes adicionais, se necessário (as braceletes contam com o sistema de pinos de encaixe / desencaixe rápido).






Passando para o relógio em si, vemos que a marca não poupou no "ferro". Com um corpo em aço inoxidável, este é um relógio que nada fica a dever aos relógios mecânicos de qualidade em termos de robustez e qualidade dos acabamentos. Peca apenas por não ter um vidro safira, que assentaria à medida neste modelo.

Temos também três botões ao estilo dos relógios desportivos tradicionais, com o botão do meio a ser rotativo.




No campo das ausências inexplicáveis, descobrimos também que neste smartwatch "de luxo" a marca optou por não incluir um sensor de frequência cardíaca, que nesta altura já se esperaria ser algo standard em todos os smartwatches. Bem... é da maneira que apelará aos utilizadores que não apreciam esse sensor e até chegam ao ponto de o tapar por recearem efeitos adversos do mesmo (sim, há quem faça isso.)

[símbolo da Emporio Armani gravado no botão - detalhes simpáticos neste segmento]


Em funcionamento



O Emporio Armani Connected ART5000 vem equipado com um ecrã AMOLED e recorre à plataforma Snapdragon Wear 2100 (com 512MB de RAM) que também serve de base a muitos outros smartwatches. Temos por isso exactamente o mesmo tipo de desempenho e funcionalidades que já são bem conhecidas: temos um ecrã "always on" que mostra um relógio simplificado de forma contínua, bastando um toque ou o gesto de virar o relógio para que o ecrã se active e exiba o mostrador a cores com os detalhes adicionais.

Temos também um sensor de luminosidade integrado, que lhe permite ajustar o brilho do ecrã automaticamente em função do ambiente - e sendo razoavelmente visível mesmo no exterior, ao Sol.


O botão central pode ser usado para acordar o ecrã, regressar ao menu principal, e também para chamar o Google Assistant quando é pressionado durante algum tempo. Mesmo só estando disponível para Português do Brasil, o reconhecimento de voz funciona de forma exemplar, permitindo enviar mensagens completamente ditadas por voz, com uma taxa reduzida de erros. Os restantes dois botões podem ser configurados para as acções que se quiserem (por exemplo, iniciar o tracking de treino, ou abrir a app do Uber para chamar um carro rapidamente).





Considerando a ausência do sensor de frequência cardíaca, arrisco-me a dizer que o público alvo deste modelo serão as pessoas que querem um smartwatch com muito bom aspecto, e onde o maior ponto de interesse será a possibilidade de seleccionar entre uma infinidade de mostradores de modo a terem sempre um relógio diferente e adequado a cada ocasião - sem esquecer que muitos destes mostradores são, eles próprios, personalizáveis, em termos de cores e até dos conteúdos que podem exibir nas suas "complicações" (os elementos extra que os mostradores podem exibir).




Por exemplo:


Este mostrador tem 3 "complicações" que de momento estão configuradas para: mostrar o tempo noutro fuso horário à escolha, alertas e número de passos dados.


Mas, com facilidade, poderíamos alterá-los para algo que se achasse mais interessante, como o estado do tempo, nível da bateria, ou uma enorme variedade de dados provenientes de apps de terceiros (a Google Play Store tem uma secção dedicada apenas às "complicações").


Apreciação final



Este Emporio Armani Connected Smartwatch ART5000 é um produto bastante peculiar. A ausência de certas características (como o sensor de frequência cardíaca) praticamente o elimina da lista de qualquer fã de gadgets; e isso não é ajudado pelo facto de, mesmo sem isso, manter uma autonomia que obriga a que seja carregado diariamente para poder ser usado despreocupadamente (podem chegar aos 2 dias se forem poupadinhos e o desligarem à noite).

Por outro lado, é inegável que tem um aspecto e uma qualidade de construção que está muito acima da maioria dos smarwatches no mercado.

[até o Huawei Watch 1 parece demasiado minimalista face ao ART5000]

Se a nível de funcionalidades, um fã de tecnologia poderá optar por um Huawei Watch 2, a verdade é que o design desses novos modelos também poderá ser um travão para quem procurar um smartwatch com um estilo mais clássico e intemporal - e é precisamente aí que o Emporio Armani ART5000 está a "jogar em casa". Este smartwatch Emporio Armani destina-se às pessoas que procuram um smartwatch para adicionar à sua colecção de relógios, e onde o factor principal é ter bom aspecto (que o tem) e permitir mudar de mostradores sempre e quando quiser. Sendo que coisas como os alertas das notificações no pulso e a possibilidade de até enviar mensagens ou fazer perguntas (ou aceder a outras apps) são simples "extras" que é agradável ter mas que não são o essencial.

Por isso mesmo, tendo em conta este segmento do mercado a que se dirige, os 419 euros que são pedidos por este relógio tornam-se relativos. É certo que podemos ter smarwatches mais capazes por um preço mais reduzido; mas não será assim tão simples encontrar um smartwatch com esta qualidade de construção e este aspecto, por esse preço. Tivesse a Huawei lançado um sucessor do Huawei Watch 1 à altura, em vez de apostar num design mais "popular", e poderíamos ter tido uma alternativa a este ART5000 (sem esquecer que o W1 vinha com vidro safira e sensor de frequência cardíaca)... mas assim sendo... quem se sentir atraído por este smartwatch Emporio Armani, não terá grandes alternativas nos equipamentos Android Wear.



Emporio Armani Connected ART5000
Quente


Prós
  • Qualidade de construção
  • Ecrã com sensor de luminosidade
  • Estojo para armazenamento e transporte


Contras
  • Autonomia mediana
  • Ausência de sensor de frequência cardíaca


O nosso agradecimento à Relogios.pt por nos ter disponibilizado este smartwatch para teste. Quer estejam à procura de um smartwatch ou de relógios tradicionais, não deixem de os visitar.


Galeria de imagens











Emporio Armani Connected ART5000

Quente (4/5)

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]