2018/04/25

Tesla Model X entra por ginásio dentro nos EUA


Nos EUA deu-se mais um caso do "síndroma de aceleração súbita" num Tesla Model X, tendo entrado por um ginásio dentro - felizmente sem ter causado vítimas e resultando apenas num grande susto.

Acidentes, infelizmente, há sempre e os Tesla não são excepção. O curioso neste caso é que se trata de mais um caso em que o condutor (neste caso uma condutora) diz que o seu Tesla Model X acelerou bruscamente quando estava a tentar estacionar, aumento o número de relatos de incidentes idênticos que se têm passado com Teslas.

Por um lado, a Tesla tem-se defendido de que isto se trata apenas de casos de erro humano, em que os condutores se enganam e pisam no pedal do acelerador quando pensam estar a pisar o pedal de travão - o que, aliado às acelerações "instantâneas" dos veículos eléctricos, dá menos tempo de resposta para que possam reagir (e normalmente pisando com ainda mais força no pedal, pensando que estão a travar). Essa é uma situação que é sustentada pelos registos que a Tesla tem fornecido, e que mostram que a aceleração foi provocada por se pisar no pedal do acelerador.

No entanto, não consigo deixar de conceber a possibilidade de poder ser mesmo um qualquer bug, que faça com que o carro obtenha leituras erradas e pense que se carregou no acelerador (e assim deixando isso nos registos) quando na realidade o condutor não pisou o pedal. Dito isto, acredito que o mais provável seja mesmo o erro humano por parte dos condutores... Mas, se estes casos se continuarem a multiplicar, seria interessante as autoridades competentes apresentarem uma estatística para avaliar a incidência deste tipo de incidentes nos Tesla face a outras marcas.

(Sendo que por cá também já temos Teslas a derrubar postes... com ou sem aceleração súbita! :)


12 comentários:

  1. A mim parece que estão novamente a tentar "matar" a Tesla à semelhança di que aconteceu no início. Os erros acontecem, e não se pode deixar de lado o erro da máquina ou software, mas na minha opinião os donos da marca aproveitam qualquer oportunidade para se livrarem da responsabilidade. Deve ser super fácil pisar por engano o acelerador e num carro destes a aceleração é instantânea, já nos carros "normais" existem inúmeros acidentes idênticos, pena que apenas deixa leves marcas no carro estacionado à frente ou atrás.

    ResponderEliminar
  2. Já começa a irritar as noticias dos acidentes dos Teslas. Quando houver massificação dos carros autónomos continuará a haver acidentes mas em menor número.

    ResponderEliminar
  3. Basta dar uma rapida vista de olhas pelo YouTube e ver os inumeros insidentes de condutores dos "caixa automatica" a fazer exatamente o mesmo. Será tambem erro da maquina.... não nos podemos esquecer q o principio é o mesmo há já alguns anos..."acelerador electrinuco"... erros sempre houve e sempre haverá desculpas.

    ResponderEliminar
  4. Em vez de se limitar a sacudir a água do capote a Tesla devia era pensar numa solução para reduzir as confusões entre os pedais do acelerador e dos travões. Boa engenharia também passa por arranjar soluções para reduzir o erro humano. Talvez fosse algo tão simples quanto aumentar a distância entre os pedais

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nós temos 3 pedais...será assim tão difícil controlar 2...

      Eliminar
  5. Isto é tudo muito bonito erro humano ou erro de software a questão que se põem é: Os sensores do tesla não funcionam nesta situação para evitar colisões, porque eu sei que os da Volvo funcionam...

    ResponderEliminar
  6. A Tesla vai cair no esquecimento quando as marcas generalistas produzirem em massa carros eléctricos , os valores astronómicos que esta marca pede e os defeitos de construção que tem não vai longe certamente com a concorrência de outras marcas que sabem construir carros há muitos anos e não são aprendizes de feiticeiros como é o caso da Tesla , vejo muito teimosia por parte de Elon Musk em fazer as necessárias alterações ao seu software, por vezes os pioneiros não são os que resistem e temo que isto se passe exactamente com a Tesla .

    ResponderEliminar
  7. Se estava a estacionar o carro, deduzo que estivesse relativamente perto da parede e tendo em conta que é um "smartcar", porque não desenvolver um sistema (AI?) que evitasse estes supostos erros humanos?

    If distance<=10 & throttle=100% then
    ignore_driver
    aplly_brakes
    End if

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Imagina que era uma situação em que vinha um camião descontrolado contra ti, e tinhas uns caixotes do lixo à frente... Querias empurrá-los e safar-te dali para fora, e o carro não deixava. :)

      Eliminar

[pub]